Microsoft: processo contra controles Xbox não envolverá tribunal

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft: processo contra controles Xbox não envolverá tribunal
Imagem: https://www.xbox.com/en-US/accessories/controllers/xbox-wireless-controller

A Microsoft deu um importante passo contra uma ação coletiva que foi acionada contra problemas de drift em seus controles. Segundo os advogados da empresa, o caso não envolverá mais o Poder Judiciário e será concluído por meio de arbitragem, que basicamente dispensa o tribunal e faz com que a entidade privada tenha que solucionar o conflito em questão.

Em abril de 2020, um processo aberto contra a Microsoft acusou a companhia de vender controles defeituosos, seja para uso no Xbox Series S/X ou ni PC. O problema estava relacionado a uma falha conhecida como drift, que faz com que os dispositivos manipulem os analógicos para direções aleatórias e geralmente ocorre em modelos mais usados.

Em comunicado, especialistas do caso afirmaram que estão tratando a reparação de danos em relação aos clientes lesados, ao mesmo tempo que investigam o que pode ter acontecido para gerar a falha nos controles. Até o momento, a Microsoft adquiriu por conta própria um "volume suficiente" de dispositivos vendidos em lojas e sugere, após uma série de testes, que o drift ocorreu por uma falha no design do potenciômetro.

“No geral, a teoria desses casos é que, se o defeito do desvio nos direcionais tivesse sido divulgado, nenhum consumidor teria comprado eles”, disse Benjamin Johns, sócio do escritório de advocacia CSK&D e principal autor da ação coletiva, que tratou a decisão pela arbitragem como "fim da estrada".

O quê você acha do caso? Acredita que a Microsoft tenha vendido controles defeituosos? Deixe sua opinião nos comentários.

Fontes

Microsoft: processo contra controles Xbox não envolverá tribunal