Hogwarts Legacy: designer chefe abandona o projeto após polêmicas

1 min de leitura
Imagem de: Hogwarts Legacy: designer chefe abandona o projeto após polêmicas
Imagem: WB Games

As polêmicas que cercam o jogo Hogwarts Legacy ganharam mais um capítulo hoje (05), quando o designer chefe Troy Leavitt anunciou estar abandonando o projeto. A decisão partiu do próprio Troy e foi comunicada em seu Twitter oficial:



"Tomei a decisão de me separar da desenvolvedora Avalanche Software. Não tenho nada além de coisas positivas a dizer sobre o jogo, o time de desenvolvimento e a WB Games. Vou lançar um vídeo em breve no meu canal sobre isso", disse Troy.

Qual foi a confusão?

As controvérsias começaram depois que algumas pessoas descobriram e divulgaram vídeos do canal de Leavitt bastante focados em combater os SJW ("social justice warriors", ou "guerreiros da justiça social", um termo pejorativo associado a alguém que o opositor considera militar de forma exacerbada).

Apesar de ter apenas pouco mais de 25 mil assinantes no seu canal, Troy precisou assumir uma postura defensiva perante a opinião pública, já que alguns de seus vídeos faziam oposição à criadora de conteúdo feminista Anita Sarkeesian, enquanto outros apoiavam o movimento GamerGate, duas posturas mal vistas pela maioria dos grandes portais.

Em resposta, o fórum Resetera decidiu censurar todo o conteúdo sobre o jogo, que também sofria com uma imagem negativa após J.K. Rowling, autora de toda a franquia literária Harry Potter, usar as suas redes para fazer diversos comentários transfóbicos.

O que você achou dessa controvérsia? Conte para a gente nos comentários a seguir!

Hogwarts Legacy: designer chefe abandona o projeto após polêmicas