Banjo-Kazooie é listado para Wii U mas Nintendo nega o lançamento; entenda

1 min de leitura
Imagem de: Banjo-Kazooie é listado para Wii U mas Nintendo nega o lançamento; entenda
Avatar do autor

De forma acidental, a Nintendo Japão anunciou hoje (30) em uma programação oficial de lançamentos que as versões de N64 de Banjo-Kazooie e Blast Corps seriam lançados para o Console Virtual do Wii U. Posteriormente, a programação foi atualizada e tiraram os dois jogos da listagem; além disso, um pedido de desculpas pelo ocorrido também foi emitido.



"Banjo-Kazooie e Blast Corps foram listados como títulos de Wii U a serem lançados em 30 de dezembro, mas não serão lançados. Pedimos desculpas pelo erro", diz o comunicado oficial da Nintendo Japão.


(Fonte: Nintendo / Reprodução)(Fonte: Nintendo / Reprodução)

Curiosamente, a editora de ambos os jogos foi listada como Microsoft Japão, então é bem provável que exista um acordo em vigor com ambas as empresas e que eventualmente elas possam relançar os títulos em algum momento, já que é improvável que a Big N publique tais detalhes sem o consentimento da Microsoft.

A listagem do lançamento de Banjo-Kazooie e Blast Corps no Wii U foi uma surpresa para alguns fãs, pois a Nintendo parou oficialmente de dar suporte para a plataforma depois do lançamento de Zelda: Breath of the Wild em 2017. Além disso, anteriormente o Console Virtual do aparelho também recebeu muitas críticas pela baixa qualidade do emulador usado para renderizar os jogos.

Também é válido lembrar da declaração de Phil Spencer de que um novo game da franquia Banjoo-Kazooie só depende da Rare — apesar de o compositor da trilha sonora do clássico duvidar que a sequência seja lançada.

(Fonte: Microsoft / Reprodução)(Fonte: Microsoft / Reprodução)

É provável que exista algo a mais nesta história do que um simples erro da Nintendo, mas teremos que esperar para ver os próximos capítulos. Será que a Big N pode investir em mais ports de N64 para o Switch? Deixe sua opinião na sessão de comentários abaixo!