Phil Spencer diz que novo jogo de Banjo-Kazooie só depende da Rare

1 min de leitura
Imagem de: Phil Spencer diz que novo jogo de Banjo-Kazooie só depende da Rare
Avatar do autor

Banjo-Kazooie voltou aos holofotes no ano passado após a inclusão dos personagens em Super Smash Bros. Ultimate da Nintendo. Questionado sobre a franquia em entrevista ao portal Kotaku, Phil Spencer informou que a decisão de uma sequência do clássico está nas mãos da Rare, desenvolvedora responsável pelo game.

Nos últimos anos, o estúdio do inglês se dedicou em novas IPs como Sea of Thieves e Everwild (que será lançado em breve), mas também mostrou disposição em terceirizar outros clássicos da casa, como é o caso do novo Battletoads, desenvolvido pelas mãos da Dlala Studios.

“Deixo isso para os estúdios em termos das coisas que eles querem trabalhar”, disse Spencer ao Kotaku. “Tenho muito respeito pela Rare e pelo trabalho que realizam. Eles gostam de construir coisas novas e viram o sucesso com o Sea of Thieves. Eu acho que eles estão muito animados com Everwild".

“Mas também a resposta ao Battletoads foi boa. E eu acho que a Dlala fez um bom trabalho com o jogo. E então eu acho que é sempre um equilíbrio", concluiu o chefão da Xbox Games Studios.

(Fonte: Rare / Reprodução)(Fonte: Rare / Reprodução)

Na entrevista ao Kotaku, Spencer traçou comentários sobre a parceria com a Nintendo e também pontou que não deve lançar os jogos da recém adquirida Bethesda para outras plataformas.

Será que a Rare está interessada na produção de um novo título da franquia Banjo-Kazooie depois do lançamento de Everwild?

Fontes

Phil Spencer diz que novo jogo de Banjo-Kazooie só depende da Rare