Durante a 28ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, a Volvo exibiu ao público o protótipo Drive Me, que aposta na condução autônoma como fator diferencial. O modelo é parte de um grande programa desenvolvido pela montadora, que prevê o uso de 100 veículos autônomos guiados por consumidores comuns rodando em Gotemburgo, na Suécia, a partir de 2017.

Equipado com sensores especiais, o carro, que dispensa motorista em condições específicas de trajeto, é o primeiro veículo com a tecnologia Autopilot a ser exibido oficialmente no país. “O carro apresentado no Brasil está apto a andar seguindo as faixas, adaptando-se à velocidade do trânsito e interagindo com os outros veículos por conta própria”, afirma Jorge Mussi, Diretor de Pós Vendas de Assuntos Governamentais da Volvo Cars do Brasil.

O aspecto que torna o projeto único é o fato de ele envolver legisladores, autoridades de transporte, prefeitura, a fabricante do veículo e consumidores reais. Todos esse fatores aliados devem ajudar a tornar Gotemburgo a primeira área do mundo totalmente adaptada ao uso de automóveis autônomos.

“Testar esse tipo de carro em vias públicas nos proporciona informações valiosas sobre os benefícios sociais de ter carros autônomos como parte do trânsito. Nossos carros inteligente são a parte fundamental da solução, mas uma abordagem da sociedade de forma conjunta é vital para oferecer mobilidade individual e sustentável no futuro. Essa cooperação única é a chave para uma implantação de sucesso dos carros autônomos”, explica Erik Coelingh, especialista técnico da Volvo Cars.

Cupons de desconto TecMundo: