A maré não está nada boa para os lados da Vivo/GVT, da NET/Claro e da Oi. Conforme levantado pelo TecMundo num dossiê completo, a sua internet será um inferno com as barreiras que essas operadoras querem impor aos consumidores, que terão um limite de dados para navegar, fazer download e upload. Retrocesso? Sim. Tendência mundial? Sem esse papo. Como não poderia deixar de ser, uma nova campanha da Vivo no YouTube está sendo chicoteada pelos usuários nos comentários e no número de dislikes, os quais, enquanto esta matéria é escrita, chegam aos quase 60 mil. Confira acima.

Com mensagens “bonitinhas” que misturam os costumes da modernidade tecnológica – nuvem, compartilhamento, redes sociais etc. – com situações da realidade, o vídeo até seria bom se tivesse sido publicado em outro contexto. As analogias existentes ali, regadas a uma trilha sonora que busca ser tocante, exercem o efeito exatamente inverso ao que originalmente foi planejado pela Vivo, que é a grande vilã da internet e dos consumidores neste momento.

“Viva tudo...tudo limitado”: comentários são destruidores

A descrição do vídeo no YouTube diz o seguinte: “A Vivo tem todas as possibilidades para você viver o que realmente importa, agora em todo o Brasil. Viva tudo”.

Os comentários dos internautas chegam a ser hilários e até criativos. Um deles, o usuário “Talesco”, completou a frase postada pela Vivo: “Vivo tudo...tudo limitado”. Já a usuária “Anna Butera” diz que a empresa “está chegando no Aruan com os deslizes”. O revoltado “UQG”, por sua vez, não quer saber de firulas e já logo colocou um “pa* no c* da Vivo” ali.

Comentários detonam a Vivo

Alguns estão dedicados a ver o vídeo bater os 100 mil dislikes e cogitam até denunciar o material para que a Google o remova do ar. “Vamos chegar a 100.000 dislikes!”, esbraveja o usuário “Isaac Martins”. O internauta “Mundo da Lua” conta que iria deixar sua contribuição com um dislike e voltar a assistir a Mad Men, mas alguém retrucou: “sua franquia vai acabar no meio do episódio”.

Esqueça o conforto do Netflix com as novas limitações

Montagens do próprio comercial satirizam a empresa

É impossível controlar a velocidade da internet. Sem a menor hesitação, alguns usuários já fizeram montagens do vídeo que você confere na abertura desta notícia. O conteúdo adiante, por exemplo, é interrompido no meio da transmissão sob a mensagem de limite atingido. "Compre mais dados ou espere o mês que vem", conclui o recado.

O vídeo a seguir, por sua vez, adota o mesmo tom, mas coloca a faixa de cores utilizada na antiguidade - lá na época do VHS, justamente para remeter ao retrocesso que esses novos pacotes representam.

Live Tim: heroína?

Enfim, comentários pejorativos não faltam. Alguns até alegam que estão assistindo ao vídeo em 144p para não consumir tanta banda. E muitos estão utilizando a hashtag #internetjusta para incitar o movimento que tem mobilizado a internet contra essa nova postura da Vivo e de outras operadoras.

Diversos comentários citam também coisas como “partiu Live Tim”, em referência ao serviço de banda larga dessa operadora, que já afirmou não aplicar mudanças em seus planos atualmente oferecidos – isto é, sem os limites impostos pelas outras – e sem qualquer previsão para fazer algo assim.

Live Tim pode ser uma das melhores opções do mercado

“Viver é a melhor conexão”. Esse é o título que ilustra a campanha do vídeo da Vivo. Só faltou um “sem limites” em algum lugar dessa frase – pois o que a Vivo quer fazer é exatamente o contrário. O TecMundo já deixou claro o seu posicionamento contra essas medidas, que inegavelmente ferem os princípios da internet e o bem-estar dos consumidores.

Lute, é o seu direito

Alguns órgãos e movimentos estão nessa briga pelo consumidor, entre eles a PROTESTE e o Movimento Internet sem Limites. Se você quer lutar pelos seus direitos, vale ficar atento às ações de cada um deles.

Caso você ainda não saiba como pode demonstrar uma insatisfação sobre o corte de internet, veja algumas dicas a seguir:

  • Informação: faça a informação ser compartilhada. Divulgue textos, notícias e imagens mostrando o quão danosa é a ação. Ajude a informar os seus amigos e familiares;
  • Pressão: você provavelmente depositou o seu voto em vereadores e deputados. Vá atrás deles e cobre uma posição. Use o telefone para ligar, o e-mail para enviar mensagens ou as redes sociais para cobrar ações. Você votou nesses políticos, lembre-se de que representar o povo é um dever;
  • Petições: procure petições. Tanto o Movimento Internet sem Limites quanto a PROTESTE estão realizando abaixo-assinados na internet que serão enviados para políticos.

O que você tem a dizer sobre a nova campanha da Vivo no YouTube, detonada pelos internautas? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: