Aparentemente, os fãs mais ardorosos dos vídeos de seis segundos do Vine podem respirar um pouco mais aliviados a partir de agora. No final de outubro, o Twitter – dono do produto – anunciou oficialmente que descontinuaria o projeto, dando alguns meses para que os internautas salvassem suas publicações antes que as luzes fossem apagadas de vez. Agora, no entanto, tudo indica que uma série de ofertas de terceiros podem acabar salvando o serviço da morte certa.

Muito provavelmente essa notícia deve surpreender os internautas que já estavam se preparando para o enterro de mais uma plataforma online que alçou rápido ao sucesso e acabou se tornando insustentável. Isso porque, em seu pronunciamento inicial sobre o assunto, o Twitter deixou bastante claro que o cancelamento do site era algo inevitável e que não havia nenhum interesse por parte deles em promover uma espécie de leilão pelo acervo e pela comunidade criada pelo Vine.

E aí, será que o Vine sobrevive com isso?

Porém, parece que bastou o PornHub brincar que gostaria de comprar o serviço para que os rumores a respeito de possíveis aquisições ganhassem cada vez mais força na internet. Embora não se saiba se Corey Price, vice-presidente do portal de entretenimento adulto, estava falando sério na mensagem enviada diretamente para Jack Dorsey, CEO do Twitter, é praticamente certo que alguns investidores asiáticos se mostraram realmente interessados em abocanhar os microclipes e seus usuários.

O dinheiro pode ser um empecilho

O Twitter não deve ganhar uma boa grana com isso

Embora não haja nenhum comunicado que confirme esse tipo de negociação e os representantes da rede social se mantenham em silêncio a respeito de uma venda da plataforma de vídeos, tudo indica que quatro companhias chinesas e uma japonesa estão na disputa final pelo site. O único fator que pode atrapalhar uma possível passagem de bastão no comando do Vine é o fato de que o Twitter não deve ganhar uma boa grana com isso.

Como o valor do produto tem sido avaliado na casa dos US$ 10 milhões – que é algo bem próximo dos custos operacionais para manter o serviço em funcionamento –, pode ser que sua atual dona prefira colocar o Vine apenas em pausa, mantendo a marca sobre seu controle para possíveis empreitadas no futuro.

Cupons de desconto TecMundo: