Estamos tão acostumados a comprar jogos e já partir para a diversão que, em vários momentos, nem pensamos em todo o trabalho que equipes inteiras tiveram para tirá-los do papel. Mais do que isso, há também custos imensos nos projetos: o orçamento destinado aos games está cada vez maior e os valores assustam.

É claro que nem todo o valor investido vai para salários, equipamentos e patentes. Muito do orçamento está na divulgação do produto: produção de trailers, material promocional, espaço publicitário e por aí vai.

Para matar a sua curiosidade e fazer você valorizar ainda mais o próprio bolso, selecionamos os cinco jogos que, até agora, foram os mais custosos de toda a indústria (lembrando que os valores estão corrigidos pela inflação e convertidos para real com a cotação atual).

5. Final Fantasy 7 (R$ 450 milhões)

Final Fantasy VII foi lançado em 1997 teve um orçamento absurdo, ainda mais para a época. Sony e Square utilizaram quase metade do valor total para promover o jogo (e o console PlayStation em si, que era novidade). O esforço valeu a pena, o título virou clássico absoluto e o anúncio do remake fez a E3 2015 explodir.

4. Star Wars: The Old Republic (R$ 620 milhões)

Esse MMORPG baseado na saga criada por George Lucas ficou seis anos em produção e mobilizou mais de oitocentos funcionários em vários escritórios da BioWare. Star Wars: The Old Republic conseguiu recuperar parte dos gastos com o dinheiro das assinaturas, mas logo adotou o sistema free-to-play. O pior de tudo? Apesar de ter uma expansão anunciada na E3 2015, ele não é financeiramente estável e corre o risco de ter os servidores fechados em um futuro próximo.

3. Call of Duty: Modern Warfare 2 (R$ 780 milhões)

Com direito até a uma fase nas favelas brasileiras, esse capítulo da franquia de tiro fez com que a série virasse sinônimo de sucesso. Novamente, o grande culpado pelos gastos de Call of Duty: Modern Warfare 2 foi o marketing do jogo: só um quarto dele foi usado no desenvolvimento, enquanto o resto pagou campanhas de publicidade ao redor do mundo.

2. Grand Theft Auto 5 (R$ 796 milhões)

O mapa aberto, as possibilidades sem fim, o modo online e as versões para PC e consoles da nova geração deixaram a conta da Rockstar Games bastante salgada. A empresa não para de investir no game e, pelo menos, também fez uma quantidade insana de receita com o título. O motivo? Mais de quarenta e quatro milhões de unidades de GTA 5 já foram vendidas.

1. Destiny (R$ 1,5 bilhão)

A Bungie gastou uma cifra colossal com Destiny, de longe o mais caro de todos os tempos. Ele tem o potencial para se manter na lista por muito tempo: fora marketing, o dinheiro foi gasto na produção do universo imenso do jogo e nos investimentos a longo prazo, como expansões e manutenção do servidor. É ambicioso e caro, mas pode significar um grande retorno.

Cupons de desconto TecMundo: