Pode parecer um exagero desnecessário, mas eles já estão por aí: são os vídeos com resolução de 8K que começam a surgir no YouTube. Um deles, esse logo acima, surgiu no último dia 07 de junho e já oferece a opção de resolução de 4320p em suas configurações.

É interessante ver essa tecnologia ainda engatinhando. São pouquíssimas as câmeras disponíveis por aí que são capazes de registrar imagens em uma definição tão alta. As próprias cenas do vídeo “Ghost Towns in 8K” foram feitas com uma câmera 6K, a Epic Dragon da RED, e algumas delas foram aumentadas para alcançar o padrão 7.6K.

Os próximos dispositivos que nos permitirão filmar com essa qualidade absurda devem ser lançados até o final de 2015. Entre elas estão a SK-UHD8060 da Hitachi, a SHK-810 8K UHDTV da Ikegami, a AH-4800 da Astro Design e a nova parente da câmera que registrou o vídeo aqui postado, a 8K Weapon Vista Vision da RED.

Um mercado ainda adormecido

Apesar disso, o mercado de produtos e imagens em altíssima resolução pode enfrentar um problema grave, daqueles que não se sabe onde começou: a falta de dispositivos capazes de reproduzir tais vídeos enfraquece sua produção, e sua produção fraca não estimula o desenvolvimento de aparelhos que possam exibir as imagens em 8K.

Quem sabe daqui mais alguns meses esses equipamentos não fiquem mais acessíveis e acabem popularizando essa tecnologia, que é crucial para ampliar a qualidade especificamente dos gadgets de realidade virtual, como o Oculus Rift, que precisa de muita qualidade para oferecer uma experiência legitimamente satisfatória em termos de visual.

Cupons de desconto TecMundo: