Aquela entidade quase mística e devoradora de ideias chamada mercado está cada vez mais exigente. Já não é suficiente uma televisão apresentar as siglas HDMI, HDTV e 1080p para ser considerada como integrante do estado-da-arte tecnológico. Com isso, os fabricantes investem cada vez mais em tecnologias de diferenciação e oferecem acessórios inusitados e opções de design mais  inovadoras.

Mas não basta criar essas tecnologias e ficar parado! A inovação acontece a um ritmo acelerado e quem sabe o que vai aparecer amanhã? Aproveite desde já para conhecer as maravilhas das TVs de hoje.

A Sony vem com tudo

A linha Bravia de televisões apresenta uma série de inovações que buscam melhorar a qualidade da imagem. Ao trabalhar na reprodução de cores e contrastes, na frequência do movimento e na distribuição espacial do som, a Sony utilizou desde tecnologia de ponta em reconhecimento de imagem até bioacústica para chegar até a Bravia.

Sony BraviaBravia Engine

Quando dizem que praticamente qualquer equipamento hoje é um computador, não é exagero. Os aparelhos da série Bravia usam o processador Bravia Engine para melhorar a qualidade de cor das imagens, a nitidez dos objetos e o contraste entre áreas claras e escuras.

S-Force

O sistema de som da linha Bravia foi calculado a partir de pesquisas sobre como o cérebro humano reconhece a origem e a direção do som. Com esses dados, os engenheiros da Sony conseguiram – usando apenas os alto-falantes dianteiros da TV – reproduzir a sensação de som do sistema 5.1 Surround.

Motionflow

O lançamento mais recente da Sony no mundo da alta tecnologia televisiva, o Motionflow, é um tratamento de imagem em movimento. Através desse processo, sequências muito rápidas recebem até quatro vezes mais quadros por segundo do que uma TV comum.

O visual da Philips

Investindo forte no design e no impacto visual dos acessórios de seus aparelhos, a Philips oferece – segundo a própria fabricante – mais conforto e relaxamento ao assistir à sua programação favorita.

Ambilight

O carro-chefe da empresa holandesa pode ser definido como uma extensão da tela para além dos limites da TV. Com centenas de LEDs  nas laterais do televisor, o sistema Ambilight projeta atrás da tela as cores dominantes na cena exibida.

Pixel Perfect HD Engine

Assim como a Sony utiliza o Bravia Engine, a Philips lança mão do Pixel Perfect HD Engine para melhorar a qualidade total da imagem exibida em suas televisões. Através desse filtro digital, o aparelho transforma  imagens gravadas com qualidade normal em conteúdo de alta-definição. Em alguns casos, é possível até mesmo atingir o patamar de 1080p, a maior resolução possível atualmente em uma tela de TV.

Samsung@suacasa

Samsung

A maior aposta da Samsung é a interatividade. Através da internet, a empresa pretende facilitar o consumo de produtos de televisão, permitindo que sua TV acesse conteúdo armazenado no computador. Seja através de um pendrive USB ou via rede sem fio, TV e PC trabalharão juntos em favor do seu entretenimento e informação.

Medi@2.0

Unindo computador e televisão, o Medi@2.0 oferece conectividade wifi permitindo o compartilhamento de conteúdo entre diversos aparelhos. Depois do celular, iPod e notebook, agora também a TV está online, tanto na busca de conteúdo já armazenado localmente quanto no acesso à rede, pois exibe material diretamente pela conexão.

Samsung Touch of ColorTouch of Color

Qualidade de imagem e som é algo essencial para uma TV, certo? Mas se além de apresentar uma performance excelente, seu aparelho também fosse uma peça de decoração, mesmo desligado? Esse é o  propósito do Touch of Color da Samsung. Através de um processo de fabricação diferenciado, o acabamento preto da caixa da TV apresenta um leve toque de cor, o que a deixa mais bonita.

As telas da Lumines

A fabricante de telas distribui seu equipamento para diversos fabricantes, mas é através da tecnologia utilizada que a empresa mantém seu posto como uma das principais fornecedoras do mercado.

Onde está a tela?

Tela invisível?A Invisible Screen da Lumines é mais uma inovação voltada principalmente ao visual do aparelho desligado. O conceito é diferente daquele usado no Touch of Color da Samsung: enquanto o Touch of Color pretende transformar o aparelho em um objeto de decoração, a Lumines busca fazer com que o televisor não atrapalhe a decoração existente no ambiente, revelando a tela apenas quando esta estiver ligada.

Para entender melhor o que é isso , imagine uma janela de vidro que, a um toque do controle remoto, transforma-se em uma televisão tela plana completa. Ao desligar o equipamento, a janela volta ao normal, exibindo a paisagem externa.

Touch Interface

As touchscreens já estão presentes em computadores, PDAs e celulares há algum tempo, mas a proposta da Lumines é trazê-las também aos aparelhos de televisão. Nada realmente muito diferente do que já se conhece, exceto o uso. Resta saber se vai vingar em um mundo repleto de controles remotos.

EMO Labs

Mais um fornecedor de tecnologia para os fabricantes, o EMO Labs trabalha com um dos principais complementos à imagem necessários para um televisor: o som.

Alto-falante invisível

Edge Motion

Através de vibrações de uma membrana invisível, o Edge Motion (forma completa do EMO usado como nome da empresa) substitui os enormes alto-falantes usados normalmente em sistemas de som de alta definição. Com os aparelhos cada vez menores e mais finos, o espaço destinado ao equipamento de áudio é cada vez mais  reduzido. Por causa disso, ou a qualidade do áudio sofre graças a alto-falantes igualmente reduzidos, ou o som deve ser processado em unidades externas, que aumentam os preços e requerimentos de espaço.

LG

A fabricante procura oferecer maior comodidade a seus consumidores, pois deixa-os menos dependentes da programação fechadas das emissoras, o que lembra o tempo do videocassette.

Time Machine

Praticamente um HD de capacidade generosa junto ao sistema do televisor, o Time Machine permite que o espectador grave programas para poder revê-los em outro momento. Mais ou menos como se fazia com as fitas VHS nos anos 80 e 90, a ideia do Time Machine é permitir que você assista a programas escalados na programação no seu período de trabalho, por exemplo, já que ficam guardados no HD.

Time Machine

Também é possível, durante a transmissão, voltar o programa e fazer um replay de determinada cena ou lance. Ao fazer isso, o Time Machine continua salvando o programa,  e permite que você assista a tudo sem interrupções.

O consumidor ganha

Afinal de contas, a competição pela preferência de quem compra os equipamentos faz com que inovações continuem acontecendo e força os preços para baixo. Com isso, é possível comprar aparelhos mais poderosos e cheios de recursos a preços menores  – mesmo quando ainda são relativamente altos.

Claro que lançamentos têm preços mais elevados, porém com o tempo as tecnologias passam a ser utilizadas por diversas empresas, o que aumenta a possibilidade de escolha no momento da compra, e torna o mercado dinâmico.