O Centro Para as Artes Yerba Buena, na Califórnia, foi o cenário do “It´s only rock´n´roll (but I like it...)”. Neste local, centenas de fãs da Apple, geeks inveterados e jornalistas se reuniram para uma vez mais se impressionar com a criatividade da empresa de Steve Jobs.

O evento chegou – como sempre – cercado de rumores sobre quais novidades seriam lançadas. Como sempre, nada além de rumores até Jobs assumir o palco. Confira agora o que se esperava, o que foi apresentado e as diferenças entre ambos.

iTunes + iPod

Conversas de backstage

Várias foram as suposições sobre o que aconteceria hoje. Desde o lançamento do – ainda não confirmado, mas muito esperado – tablet PC da Apple até iPods com câmeras, tudo foi analisado pelos internautas e jornalistas de tecnologia.

Do lado software, além dos agora confirmados iTunes 9 e iPhone OS 3.1, era muito esperada a chegada dos Beatles à iTunes Store. Nem tudo veio, mas a apresentação dos novos iPods e novos aplicativos não decepcionaram ninguém.

Abrem-se as cortinas

Diminui-se a intensidade das luzes, e Steve Jobs sobe ao palco. Animado, sem grandes sinais da doença que há anos o maltrata, o responsável por tornar a Apple o que ela é hoje começa seu keynote com um apelo.

Recentemente, Jobs passou por um transplante de fígado, possível apenas graças a um doador de 20 e poucos anos que se acidentou com seu carro. Sem este gesto de bondade, “Tio Steve” não estaria no Yerba Buena para nos receber. Assim, nada mais justo que ele peça a todos os presentes para se tornarem doadores voluntários de órgãos. A vida dele foi salva assim, e a de muitos outros ainda está em risco por falta de doadores.

Primeiro ato

Desde o lançamento do iPhone 3GS que o sistema operacional – um dos responsáveis pelo sucesso estrondoso do telefone da Apple e do iPod Touch – estava parado. Então, após alguns minutos de aplausos em pé e efusivos para Steve Jobs, recebemos o iPhone OS 3.1, a primeira atualização desde o 3GS.

Para manter o padrão, antes de comentar mais profundamente sobre o lançamento, Steve mostra alguns dados. No total, são mais de 30 milhões de iPhones vendidos e mais de 1,8 bilhões de aplicativos baixados da App Store, uma marca impressionante para um aparelho relativamente novo, mesmo se tratando de um produto Apple.

iPod TouchSobre o iPhone OS 3.1, Steve começa mostrando um novo serviço disponível, o Genius. A mesma tecnologia utilizada no iTunes para recomendar músicas agora faz parte da loja da Apple, recomendando aplicativos para iPhone/iPod Touch, baseado naquilo que você já tem instalado no seu aparelho.

Além disso, a loja online agora também passa a fornecer ringtones para o iPhone. Já no lançamento do serviço, 30.000 ringtones – das quatro maiores gravadoras do mercado - estarão disponíveis para compra a US$ 1,29.

A maior diferença entre a atualização do iPhone OS 3.1 para as versões anteriores é que, ao contrário das edições passadas, a nova atualização é gratuita. Antes, donos de iPods Touch precisavam comprar o novo sistema através da App Store. Essa atualização já está disponível para baixar na loja da Apple, inclusive.

Música para todos

Com o Snow Leopard lançado, vários aplicativos da Apple receberam atualizações para aumentar a compatibilidade entre eles. O iTunes, apresentado por Jobs na sequência do iPhone OS 3.1, é um deles. Novamente, antes de partir para a parte divertida – novas funcionalidades, principalmente – dados estatísticos são apresentados. Com 8,5 bilhões de músicas vendidas e mais de cem milhões de contas com cartão de crédito cadastradas, a iTunes Store é a maior loja existente na internet hoje. Além disso, a função Genius recebe de seus usuários mais de 54 bilhões de músicas, em mais de 27 milhões de listas de reprodução.

Genius Mixer

Essa quantidade de informação permitiu à Apple desenvolver um novo serviço dentro do iTunes; o Genius Mixer. Segundo Jobs, o sistema funciona como um DJ eletrônico, escolhendo automaticamente músicas que combinam entre si a partir daquelas disponíveis em sua biblioteca. É como se você ouvisse uma rádio online feita sob medida para você.

A sincronização do iTunes com iPods também mudou. Agora, além de sincronizar apenas algumas playlists, é possível também enviar músicas e vídeos para seu iPod a partir de outros metadados, como o artista ou o gênero da música.

Quem tem mais de um computador em casa, numa rede local, agora também pode compartilhar essas mídias do iTunes entre cada máquina via home sharing. Copiar uma música, filme ou série de TV de um computador na rede para outro agora é muito mais simples, bastando arrastar a mídia entre os computadores. Aliás, é bom ressaltar que com o home sharing até mesmo aplicativos do iPhone podem ser compartilhados entre pessoas que residem na mesma casa. Jobs exemplificou isso usando a sua conta e a de sua esposa para trocar músicas e aplicativos do iPhone entre dois iMacs.

A iTunes Store também recebeu uma nova interface, mais limpa e fácil de usar. Agora tudo se define numa barra horizontal, no topo da tela. A integração da loja aumentou, permitindo que você transporte para o Twitter e para o Facebook suas compras mais recentes. Também é possível comprar algo na iTunes Store e mandar de presente para algum amigo, tudo pela internet.

iTunes LPA Apple parece pensar em tudo, de vez em quando. Um novo produto lançado neste evento pela empresa pretende acabar com as críticas às músicas digitais. O iTunes LP entrega a quem comprá-lo música, arte e informação num único pacote. O nome é uma homenagem e um reconhecimento aos antigos bolachões de vinil, os long plays.

Quando alguém comprava um álbum destes, recebia além das músicas gravadas, arte de capa em um tamanho grande, letras de músicas, informações sobre os artistas e sobre a gravação do disco, sobre o conceito por trás das músicas etc. Isso não acontecia da mesma forma com os CDs, e acontece muito menos com um MP3. NEm um dos discos demonstrados, da banda The Doors, além de uma imagem enorme da capa, letras das músicas, videoclipes e entrevistas em vídeo com integrantes da banda.

Outra novidade muito interessante no aplicativo foi batizada de iTunes Extra. Agora, a loja da Apple não se restringe a vender músicas, filmes e episódios de seriado. Com o Extra, agora também é possível comprar, junto a um filme ou seriado, por exemplo, conteúdo de extras, como são encontrados em DVDs. Making-ofs, trailers, entrevistas e muito material complementar as suas produções favoritas agora está ao seu alcance na iTunes Store.

Para os usuários do iPhone e do iPod Touch, a possibilidade de organizar os aplicativos instalados nas diversas telas do aparelho, usando o próprio iTunes para isso, é uma das principais inovações. Com isso, a interface do iPhone OS, que já é reconhecidamente excelente, tende a ficar ainda mais intuitiva. Essa, aliás, era uma das características faltantes do iPhone OS desde sua primeira versão, finalmente apresentada.

Como não podia deixar de ser, o iTunes 9 já está disponível para download aqui mesmo no Baixaki.

Segundo Ato

Aquilo que todos esperavam começou com mais detalhamento mercadológico, e com números realmente impressionantes dessa vez. Até agora, a Apple já vendeu mais de 220 milhões de iPods, o que significa aproximadamente 73% do mercado de players multimídia atual. A Microsoft, com o Zune, ainda não tem mais de 1,1% desse mercado, fato que não foi desconsiderado por Jobs na apresentação.

Ainda falando de valores, o executivo Phil Schiller mostrou que o iPod Touch é o player que mais cresce em vendas, com mais de 20 milhões de unidades vendidas. Somando isso aos 30 milhões de iPhones e dá pra se ter uma ideia do impacto tecnológico desses aparelhos.

Cell no bolsoSchiller ainda comenta que além de ser um excelente iPod, tanto para músicas quanto para vídeos – com uma tela enorme para esse tipo de equipamento – os iPods Touch também são grandes computadores de bolso. Basta um ponto de conexão WiFi para que o iPod Touch apresente uma experiência de uso online semelhante à de um computador normal. Com a diferença de realmente caber no seu bolso. Aqui, a alfinetada foi contra a Dell, com uma foto mostrando um netbook da concorrente arrebentando o bolso de um modelo.

Mais alfinetadas apareceram logo em seguida, só que dessa vez para cima da Nintendo e da Sony. Cada vez mais o iPod Touch é usado como estação de entretenimento, e com mais de vinte mil títulos de jogos disponíveis a preços baixos (muitos são gratuitos, na verdade), contra pouco mais de três mil títulos para o Nintendo DS – cujos jogos custam em média trinta dólares – e os 607 jogos existentes para o PSP, que custam em torno de 35 dólares.

Para provar que jogar no iPod Touch é possível, Phil chama os desenvolvedores de algumas empresas para falar sobre os planos para a plataforma da Apple. O primeiro a subir ao palco foi Ben Mattes, da Ubisoft e produtor de Assassin´s Creed. Ben elogiou a plataforma de jogos do iPod Touch e prometeu para a metade de novembro. Entre os detalhes do jogo está a possibilidade de usar suas próprias fotos nos cartazes espalhados pelos cenários. Depois, o pessoal da Tapulous chega mostrando Riddim Ribbon. O jogo é uma mistura de Wipeout com Rock Band, usando o acelerômetro para controlar um veículo em pistas espaciais ao som das suas playlists.

Também usando o próprio som que você guarda no seu iPod, a Gameloft apresentou a demonstração de Nova, seu novo first-person shooter (FPS) para o iPod Touch, que parece ter gráficos dignos de Halo. Nova terá jogabilidade multiplayer através de Bluetooth e WiFi.

Para fechar a conversa sobre jogos no iPod Touch, Travis Boatman, da Electronic Arts, apresentou Madden 2010, novo jogo de uma das principais franquias de futebol americano em videogames da historia. Madden 2010 é mais um aplicativo que já está disponível na App Store.

Depois dos desenvolvedores, Phil Schiller volta ao palco falando que o iPod Touch é a maneira mais simples e barata para se usar a App Store. Sem taxas mensais e custando apenas 229 dólares, o aparelho é a opção favorita da maioria das pessoas. Logo depois, Schiller já lança uma novidade muito bem recebida. O novo iPod Touch de 8 Gb tem um corte de preço considerável, passando a ser vendido por US$ 199. As outras versões, de 32 e 64 Gb, serão vendidas a US$ 299 e US$ 399 respectivamente.

iPod TouchTodas essas novas versões do iPod Touch agora contam com a tecnologia OpenGL para renderização de gráficos, o que os torna mais rápidos e com gráficos mais detalhados.

O próximo iPod a aparecer é o Classic. O aparelho vem com um visual saudosista das primeiras versões do tocador da Apple, sem perder sua modernidade, agora conta com 160 Gb de armazenagem - contra os 120 Gb da versão anterior – e mantém o preço de 249 dólares.

O iPod Shuffle também foi atualizado, mas suas novidades estão principalmente no acervo de fones de ouvido para serem utilizados. A Apple liberou para diversos fabricantes as especificações dos fones, essenciais para a utilização do Shuffle, e estes irão oferecer fones dos mais variados tipos para o aparelhinho. Além disso, agora a função de fala do Shuffle também conta para você o estado da bateria e quando ele está travado. O iPod Shuffle é vendido a 59 dólares com 2 Gb de armazenagem e por 79 dólares para a versão com 4 Gb.

Nesse ponto Steve Jobs volta ao palco, apresentando uma edição especial do Shuffle, com 4 Gb de memória e carcaça de aço inoxidável, com o logo da Apple gravado. Muito bonito, inclusive.
Depois desse anúncio, a frase que todos queiram ouvir: “One more thing...”, “Só mais uma coisinha...” em tradução livre. O bordão que Jobs usa para apresentar as maiores revoluções de sua companhia é sempre esperado ansiosamente em seus eventos, e nesse não foi diferente.

iPod Nano

Jobs começa a falar sobre câmeras de vídeo, mostrando o Cisco Flip, uma filmadora diminuta com 4 Gb de memória e vendida por US$ 149. Steve fala que com a quantidade de gente usando essas pequenas câmeras com memória SSD, a Apple também deve embarcar na jogada. Ao contrário da concorrência, entretanto, a empresa vai começar com 8 Gb de memória, e a câmera será dada de graça!

Infelizmente, a câmera vai de graça, mas o aparelho para usá-la não. Mantendo o preço dos iPods Nano, e colocando a filmadora na parte de trás dos aparelhos, a Apple garante seu espaço no mercado de filmadoras portáteis e amadoras. Além disso, os vídeos feitos com o Nano podem ser vistos no próprio aparelho, sincronizados com seu computador ou enviados para o YouTube, tudo isso com um único clique do mouse. A capacidade de fotografia da câmera, entretanto, não foi comentada, e pode até não existir.

Mas o Nano recebeu ainda mais carinho da Apple, na forma de um alto-falante embutido e um microfone, permitindo que ele também seja usado para anotações de voz, gravação de palestras e até mesmo podcasts. Outra adição ao rol de funcionalidades do Nano, agora também existe a função Rádio FM. Com isso, a Apple espera manter esse iPod como o mais vendido no mundo, contando já com mais de cem milhões de unidades vendidas. Para completar, foi incluído também um pedômetro que pode ser utilizado com os sistemas de monitoramento da Nike.

Fechando a apresentação sobre os iPods, Steve comenta sobre a preocupação ecológica da Apple. Os novos iPods são construídos sem usar mercúrio, arsênico, BFR – retardantes de chamas brominados – e são altamente recicláveis.

Cai o pano

Encerrando mais uma das disputadas apresentações da Apple, a cantora Norah Jones sobe ao palco com sua guitarra Fender Mustang. Brincando por nunca ter tocado tão cedo – ela entrou no palco perto das 11h 30min da manhã no horário local da Califórnia – Norah cantou músicas de seu último álbum lançado. Em determinado momento, a artista também brincou falando de portas e passagens secretas no backstage do evento, contando que não sabe guardar segredos antes de tocar uma das músicas de seu novo álbum ainda por ser lançado.

Steve volta ao palco para agradecer à cantora e sua banda, que troca cortesias com o astro maior desta manhã e assim se encerra o “It’s only Rock´n´Roll (but I like it...)”. Ainda que apenas o Nano tenha recebido uma câmera – os boatos apontavam para o iPod Touch e par ao Classic como os iPods a dispor desse equipamento – o sucesso do evento correspondeu ao esperado, principalmente por Jobs ter aparecido bem, saudável e animado.

É isso, que muitas outras apresentações venham, e voltem para acompanhar todas elas aqui com a equipe Baixaki!

Cupons de desconto TecMundo: