Um mercado com bastante potencial a ser explorado no Brasil é o de games, com estúdios nacionais despontando de tempos em tempos com produções de qualidade nas plataformas mobile e nos consoles. Em uma semana em que conhecemos pela primeira vez a insanidade de Visage – um jogo de terror inspirado no finado Silent Hills –, os desenvolvedores locais não deixam por menos e lançam oficialmente nesta quinta-feira (11) o brasileiríssimo Pesadelo – Regressão, sequência de um título original de 2013.

Criada pelo estúdio Skyjaz Games, de São Paulo, a franquia que aposta em elementos do folclore brasileiro e das lendas urbanas regionais deve boa parte de seu sucesso ao youtuber Felix Kjellberg. O sueco, conhecido como PewDiePie, gravou gameplays do capítulo inicial da série em seu canal no YouTube – o mais popular do mundo no site – e, por conta de seus tradicionais gritos com cada susto oferecido pela história, fez com que Pesadelo - O Início se tornasse viral rapidamente.

Com a popularidade obtida através do material compartilhado no portal de vídeos, o game gratuito foi baixado mais de 2 milhões de vezes e conseguiu respaldo suficiente do público para que os desenvolvedores trabalhassem em uma continuação da trama. Com isso, Pesadelo – Regressão passou sem muita dificuldade pelo Greenlight do Steam, um sistema no qual a própria comunidade gamer vota para aprovar projetos que, posteriormente, são vendidos na loja virtual da Valve.

Desenvolvido na Unreal Engine 4, o jogo usa muito do poder e dos recursos do motor gráfico da Epic para criar um clima denso e sombrio, trazendo melhorias significativas quando comparado ao seu antecessor. Ainda que pelo vídeo – que você pode conferir no início da matéria – as texturas dos cenários e as animações dos personagens não pareçam estar no nível de superproduções do segmento, a ideia é que a combinação de mistério e tensão faça com que os jogadores deixem esses detalhes de lado e se rendam à imersão e ao terror.

Indo na contramão do que se vê por aí, o game oferece uma dublagem inteiramente em português e opção de legendas em inglês. Por enquanto, Pesadelo – Regressão está disponível apenas para os PCs, em versões para Windows e Mac OS X, pelo preço de R$ 19,99 – embora seja possível conseguir descontos tanto na Steam quanto na Nuuvem. A Skyjaz também já anunciou que, futuramente, pretende portar o título para o PlayStation 4 – para conquistar o público aficionado pelo video game da Sony.

Abraçando a escuridão

A história de Pesadelo - Regressão gira em torno de Alex, um jovem comum, mas que não consegue lembrar-se de seu passado. Por conta disso, ele acaba conhecendo a cientista Sara e se torna cobaia em um programa de recuperação de memórias. Claro que, ao entrar em um mundo de sonhos gerados a partir de fragmentos de seus pensamentos, a coisa degringola de vez, com o protagonista sendo perseguido por uma garota que ele atormentava na escola quando criança, e que, agora, busca vingança.

Nesse mundo sombrio e enigmático o jogador se vê obrigado a encarar problemas que, talvez, deveriam ter ficado esquecidos. Apostando mais uma vez no gênero de survival horror, utilizando a visão em primeira pessoa e não permitindo que o jogador recorra a armas para resolver essa situação escabrosa, Pesadelo – Regressão desafia você a se manter vivo por tempo suficiente para conferir o desenrolar da história macabra.

Entre os ambientes que podem ser explorados pelo personagem estão um cemitério, uma igreja obscura, laboratórios, florestas, mausoléus e escolas abandonadas, com cada um desses locais guardando seus próprios segredos e possíveis pistas para o seu passado. O rol de criaturas que podem ser encontradas na produção também não é pequeno, com personagens icônicos como Mula-Sem-Cabeça e Curupira se materializando como versões físicas dos medos de Alex.

Para conseguir se safar de perigos e resolver enigmas ao longo da trama é preciso usar e abusar de objetos coletados pelo caminho – como chaves, isqueiro e plantas medicinais – e fazer o melhor uso de sua fiel lanterna, para que você tenha uma ideia do que o espera mais adiante. De qualquer maneira, as chances são de que, durante a jogatina, você acabe ficando na ponta da cadeira e tome alguns sustos pontuais. Será que a nova edição de Pesadelo também caiu no gosto de PewDiePie e seus seguidores?

Você costuma tomar sustos de verdade ao brincar em jogos de terror? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: