Você se lembra do CryZENx? O canal deste usuário bombou nos últimos meses por conta das suas publicações de games icônicos utilizando a majestosa Unreal Engine 4. Dessa vez, o youtuber colocou um walktrough de uma demonstração chamada de "London Apartment", criada pela UE4Arch, uma empresa brasileira.

O desenvolvedor não colocou nenhum herói em cena, mas ele modelou um apartamento extremamente luxuoso e o colocou na ferramenta da Unreal. Você pode se perguntar: mas qual é a graça disso? Apesar de não dispor de nenhum elemento lúdico, a demonstração soberba nos faz perguntar se o que vemos é um vídeo real ou uma jogatina de computador. Confira o vídeo abaixo:

Na caminhada, só podemos interagir com alguns objetos, como a torneira, a ducha e a as luzes. Apesar de não ser um game, o projeto do programador revela o potencial fotorrealista que os jogos podem atingir em um futuro próximo. Caso você queira baixar a demonstração, pode clicar aqui. Contudo, fica a dica: é necessário um computador extremamente potente para rodá-la da mesma maneira que observamos no vídeo. Veja as configurações utilizadas pelo youtuber:

  • Processador: i7-4790K @ 4.8 GHz 1.32Vc + Thermaltake Ultimate 3.0 Watercooler
  • Placa de vídeo: GTX 980 Ti EVGA Superclocked+ ACX 2.0+ OCed = 1400mhz core/3900 MHz
  • Memória RAM: 32 GB (4x 8192 MB) HyperX Savage RED DDR3-2400 DIMM CL11 Quad Kit
  • Armazenamento: 1000 GB Sata 3.0 6 Gb/s Harddrive + 2TB HDD
  • Fonte: 630 Watt Thermaltake 80+ Germany

Pesado para rodar? Só um “pouco”

De acordo com as informações representadas na tela, na maior parte do tempo o PC utiliza quase 4 GB de RAM, enquanto a placa de vídeo usa quase 100% do seu processamento e 3 a 4 GB de RAM de vídeo – quase 70% da memória da placa – para rodar a demonstração em 60 quadros por segundo.

Pode até não parecer números que beiram o impossível, mas se considerarmos que a demonstração se passa em um apartamento pequeno e quase sem interação, ou seja, nada de partículas, inteligência artificial ou sistemas de jogo que consomem recursos, é certo afirmar que ainda estamos um pouco longe de atingirmos este grau de qualidade técnica em jogos.

Em quanto tempo você acha que os jogos alcançarão esse grau de qualidade? Comente no Fórum do TecMundo

Se compararmos games de mundo aberto que rodam a 60 frames por segundo, como o mais recente Metal Gear, fica evidente a distância tecnológica para alcançar um visual tão fotorrealista nos jogos. Porém, se você ficou com um gostinho na boca, pode experimentar alguns títulos de terror que funcionam em ambientes fabulosos como o do vídeo, como o Absention, Layers of Fear e P.T.

Cupons de desconto TecMundo: