Contrariando as previsões pessimistas de que a indústria dos games estavam prestes a passar por um novo “crash”, a empresa de pesquisas DFC Intelligence divulgou recentemente um relatório que mostra uma visão bastante positiva desse mercado. Segundo os pesquisadores, até 2018 devem ser registradas vendas de US$ 100 bilhões — em comparação, o segmento deve registrar vendas de US$ 64 bilhões este ano.

De acordo com a consultoria, um dos aspectos que mais deve ajudar o mercado a se expandir é a popularidade cada vez maior das experiências mobile. Responsável por vendas de US$ 10 bilhões em 2013, esse segmento deve corresponder a 30% dos lucros obtidos pela indústria em 2018, registrando vendas de US$ 29 bilhões no período.

“O desafio enfrentado pelos games mobile é que, apesar de seu crescimento, o mercado continua muito fragmentado e superpopulado. As companhias precisam ser cuidadosas sobre sua estratégia de plataformas e devem entender quais mercados e plataformas são adequadas a seu produto em particular”, afirma o analista Jeremy Miller.

Junto ao relatório, a DFC revisou sua previsão de vendas para os consoles atuais, fruto dos anúncios feitos durante a E3 2014. Segundo a empresa, tanto o PlayStation 4 quanto o Wii U devem vender uma quantidade maior de unidades do que previsto inicialmente — no entanto, o Xbox One, mesmo sem a obrigatoriedade do Kinect, ganhou uma avaliação ligeiramente mais negativa que no passado e tem previsão de vender uma quantidade menor de unidades do que o relatado anteriormente.

Cupons de desconto TecMundo: