A Microsoft pode estar se preparando para revelar um novo aparelho na E3 2016 que será bem diferente do que você está esperando. No lugar do seu tão comentado Xbox NeXt, a empresa pode apresentar um conjunto de dispositivos de streaming – basicamente, uma “Xbox TV”.

De acordo com Brad Sams, em seu podcast semanal, a companhia estaria preparando o anúncio de pelo menos dois dispositivos. O primeiro deles seria equivalente a um Chromecast em tamanho e uso, servindo para transmitir o sinal do seu Xbox One para uma TV em outro cômodo. Já o segundo será um pouco maior (“do tamanho de uma lancheira”, diz ele) e vai permitir que você jogue games da biblioteca Windows Store – mas não títulos mais pesados como aqueles rodados no próprio console.

O novo aparelho é resultado do “buraco” deixado pela Microsoft com relação à sala de estar. Com o fim do Xbox 360, que servia como um Media Center pequeno e barato para ter nesse cômodo, a única opção restante oferecida pela empresa foi o Xbox One – um dispositivo extremamente poderoso, mas que é consideravelmente grande e caro –, fazendo-a pensar em uma alternativa mais acessível para o público nessa área (pense em algo como a Apple TV).

Por falar em preço, o modelo menor do Xbox TV deve chegar por US$ 100 (R$ 360, em uma conversão simples) ou menos. Já sua versão maior vai chegar por algo entre US$ 150 (R$ 540) e US$ 175 (R$ 630). Sams avisa, no entanto, que dados quanto aos preços desses aparelhos ainda são imprecisos.

Sem Xbox NeXt, por enquanto

As novidades trazidas por Sams não se resumem aos aparelhos de streaming da Microsoft, vale notar. Ele também trouxe algumas notícias boas (e algumas não tão animadoras) com relação ao novo modelo do Xbox One, bem como do futuro da marca como um todo.

Começando com as notícias ruins, temos mais um reforço de que o Xbox NeXt não deve ser apresentado nessa E3 para o público, mas sim apenas em 2017, com lançamento no segundo trimestre do ano. Isso seria, em parte, para não “matar” as vendas do Xbox One, visto que ele ainda tem pouco tempo no mercado, bem como para não trazer conteúdo demais de uma única vez para seus fãs.

Em compensação, o Xbox NeXt vai contar com uma série de adições muito bem-vindas. Embora não traga uma mudança de hardware exageradamente drástica (afinal, esse ainda é um Xbox One), o novo console vai ter suporte a execução de vídeos em 4K – mas não de seus games – e a tecnologias de realidade virtual. É esperado até mesmo um novo padrão de controle para ele, embora nada tenha sido explicado sobre o que haverá de novo.

Xbox: de console para plataforma

De todas as novidades, porém, a que certamente vai surpreender mais pessoas tem relação com os planos da empresa para a marca do Xbox em si. O fato é que a Microsoft estaria pensando em torná-la mais do que um simples console: uma plataforma para jogos – um reflexo do maior foco que a companhia deu ao mercado de PCs nos últimos meses.

E o que isso quer dizer? Basicamente, a ideia seria adicionar a interface do Xbox One ao Windows 10, de maneira a tornar possível jogar todo o conteúdo feito para o console diretamente pelo PC. Assim, ela oferece ao público ainda outra opção para um centro de mídia que, em teoria, poderia nem mesmo pedir um investimento do público (afinal, praticamente todo mundo tem um PC em casa hoje em dia).

Caso você esteja se perguntando, não, isso não quer dizer que seria o fim da “máquina” Xbox: a Microsoft continuaria a lançar um console dedicado da marca. Da mesma forma, isso ainda deve demorar algum tempo para acontecer – mais especificamente, lá pela chegada da atualização Redstone 2 do Windows 10.

Assim como no caso de muitos rumores, é bom não levar a novidade como uma certeza absoluta, inclusive porque Sams foi a primeira pessoa a vazar informações sobre a existência do Elite Controller do Xbox One; no entanto, podemos considerar esse um vazamento bastante forte. Agora é esperar que a E3 2016 chegue para termos uma confirmação sobre isso.

Cupons de desconto TecMundo: