Apesar de a tradicional Consumer Electronics Show norte-americana já ter sido realizada este ano, a CES Asia ainda reserva uma boa dose de novidades para o público, em especial uma que deve atrair a atenção dos gamers. Isso porque, durante a feira sediada em Xangai, a Tencent, atual dona da Riot Games – criadora de League of Legends –, anunciou sua nova empreitada no setor: um console chamado TGP Box.

A sigla que nomeia o aparelho vem de Tencent Games Platform (algo como Plataforma de Games da Tencent) e diz respeito a equipamentos que lembram bastante as desejadas Steam Machines – até no visual. Ou seja: são PCs completos em um formato reduzido e mais atrativo. No caso do produto da empresa chinesa, as especificações detalhadas do hardware ainda não foram reveladas, mas já se sabe que o brinquedinho vai rodar Windows 10 e trazer um processador Intel de sexta geração – com opções de Core i3, i5 e i7.

Detalhe da apresentação da Tencent na CES Asia.

Seja como for, a primeira versão do combo – com o codinome Blade – deve ser poderosa o suficiente para rodar os principais jogos do mercado ou iniciar transmissões de partidas ao vivo pela web. A ideia é que o usuário possa baixar, instalar e atualizar os games normalmente através do próprio sistema. Entre os nomes já confirmados para a listagem inicial de títulos do novo video game estão, por exemplo, FIFA Online 3, NBA 2K Online, Monster Hunter Online, Need for Speed: Hot Pursuit Tournament e, claro, League of Legends.

Vale observar que, sim, todos esses produtos são da Tencent ou fazem parte de parcerias da companhia asiática com estúdios ocidentais. No entanto, aparentemente não é preciso se preocupar com a falta de conteúdo para o futuro, já que a expectativa é que haja apoio de mais uma leva de desenvolvedoras e publishers ao console ainda este ano. Segundo o analista ZhugeEX, o diferencial da máquina para um PC comum – e que poderia conquistar aliados e público – é que ele traria “recursos inteligentes para transcender a jogatina tradicional”.

De olho em um setor lucrativo

Por enquanto, não há notícias sobre um lançamento do TGP Box no Ocidente, principalmente porque a estratégia da Tencent para o produto pode envolver um foco em sua posição privilegiada na China. Com o fim do banimento de jogos de video game no país no ano passado – depois de uma proibição de quase 15 anos –, a empresa parece estar investindo de forma pesada para desbravar o lucrativo mercado gamer local, que conta com nada menos que 173,4 milhões de consumidores em potencial.

A empresa parece estar investindo de forma pesada para desbravar o lucrativo mercado gamer local, que conta com nada menos que 173,4 milhões de consumidores em potencial

Além disso, munição não falta para que o projeto se sustente por um bom tempo, já que a marca, fora do segmento de jogos, ainda possui negócios nos ramos de música, internet, TV e e-commerce, além de ser a dona de um dos mensageiros instantâneos mais populares entre os usuários chineses. Com tudo isso, as chances são de que o TGP acabe tendo mais chances de sucesso do que o ousado gadget que está sendo desenvolvido pela Fuze.

Você compraria um console chinês baseado em Windows? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: