Um protótipo de OLEV já leva universitários sul-coreanos para as aulas. (Fonte da imagem: Reprodução/Txchnologist)

A Coreia do Sul está se preparando para uma mudança radical no sistema de transporte público do país. Veículos elétricos já são muito presentes por lá, portanto o próximo passo é transmitir essa eletricidade em alta potência e sem a necessidade de fios.

A novidade é que o Korea Advanced Institute of Science and Technology (KAIST) está bastante avançado nas pesquisas com a tecnologia On-line Electric Vehicles (OLEV) – e até já está realizando testes com alguns protótipos nas estradas locais.

A transmissão de eletricidade funciona a partir da chamada indução acoplada: há cabos carregados ao longo da estrada que transmitem a energia direto para a bateria, que pode ser até três vezes menor que as convencionais. Por não precisar de contato direto entre veículo e pista, o equipamento é ainda mais barato, especialmente em manutenção, e igualmente ecológico.

Até agora, os protótipos suportam até 180 kW e tiveram 85% de eficiência nos testes de transmissão. A Índia também demonstrou interesse na tecnologia e pode adotar o mesmo modelo no futuro.