Elon Musk é conhecido como o "Tony Stark da vida real" e ele já deixou muito claro por que carrega essa fama — lembrando que ele é responsável pela Tesla Motors, pela SpaceX, pela criação do PayPal e também pelos investimentos no Hyperloop. E é justamente sobre esse último exemplo que ele vem se destacando em 2016.

Com o Hyperloop Transportation Technologies (HTT), a companhia de Elon Musk que pretende construir um sistema de transporte coletivo super-rápido, eficiente e barato – fizemos um superconteúdo a respeito dele que você não pode deixar de conferir.

Nesta semana, a companhia lançou um vídeo mostrando como vai funcionar a tecnologia magnética – mais barata e mais segura que as disponíveis atualmente – que fará as "cápsulas", como são chamados os vagões do Hyperloop, flutuarem e se moverem a velocidades de até 1.200 km/h. Mas o que as pessoas querem ver é o sistema em funcionamento de verdade, não é mesmo? Pois ontem foram realizados os primeiros testes abertos do Hyperloop. E o mecanismo não decepcionou. 

Na demonstração (que você pode ver nos vídeos que estão nesta matéria), o sistema magnético do Hyperloop chegou aos 185 km/h em apenas 2 segundos. O único problema é que com a aceleração, o sistema gerou uma força de 2,4 G e isso pode causar náuseas em qualquer pessoa — sendo esse um dos grandes desafios do Hyperloop. Quanto tempo você acha que vai demorar até que isso possa ser usado comercialmente?

.......

Você acha que o hyperloop tem chances de ser o meio de transporte mais eficiente do futuro? Comente no Fórum do TecMundo