(Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear)

Segundo informações do CEO e fundador da Canonical, Mark Shuttleworth, a versão móvel do Ubuntu deve chegar ao mercado no início de outubro deste ano. O executivo garantiu que o produto vai ser lançado em duas regiões geográficas diferentes, entretanto ele não revelou quais são esses mercados.

O sistema operacional tenta mudar o modo como os smartphones trabalham, pois quase todas as ações executadas são baseadas em gestos de toque. A Canonical trabalhou com vários elementos como influência no momento da concepção do design do sistema, desde outros aparelhos até mesmo a arquitetura japonesa.

Aplicativos em desenvolvimento

Logo no lançamento, o Ubuntu Phone OS não será capaz de rodar aplicativos desenvolvidos para desktop, mas isso deve mudar. Com o tempo, os softwares instalados no computador também poderão ser utilizados na versão móvel.

O sistema operacional deverá trazer 12 aplicativos essenciais instalados por padrão que, atualmente, estão em desenvolvimento. Desses programas, quatro deles são sociais: Facebook, Twitter, YouTube e um leitor de RSS. Entre os outros softwares vão estar disponíveis aplicações mais tradicionais, como calculadora, cliente de email, alarme e gerenciador de arquivos.

A Canonical já deixou claro que o sistema pode ser facilmente adaptado pelos fabricantes que já trabalham com o Android em seus aparelhos. O Ubuntu tem uma tarefa difícil pela frente: enfrentar o iOS e o Android, duas plataformas com uma enorme biblioteca de aplicativos e com as quais os consumidores já estão acostumados.

O Tecmundo testou o Ubuntu Phone OS durante a CES 2013, então veja o que achamos do sistema.

Cupons de desconto TecMundo: