Taxistas da cidade de São Paulo agrediram e feriram gravemente dois passageiros que tinham chamado um carro do Uber na manhã de hoje (30/11).  Uma chave de roda foi usada pelos agressores, o que acabou resultando em ferimentos sangrentos na cabeça de um dos passageiros. 

O motorista contou ao Bom Dia SP que, quando ele chegou ao local da corrida, já viu diversos taxistas parado próximos aos seus clientes. Assim que eles perceberam que um carro do Uber estava se aproximando, a discussão começou.

Ele relatou que um dos passageiros demorou a fechar a porta do carro e acabou saindo para tentar argumentar com os taxistas. Nesse momento, um deles veio com uma chave de roda na mão e atingiu a cabeça do rapaz.

O motorista levou as vítimas para o hospital, mas não há informações sobre o estado dessas pessoas no momento. Elas não foram identificadas por razões de segurança, e o taxista deu seu depoimento para o telejornal paulista com voz e rosto disfarçados.

Em Porto Alegre 

Na semana passada, em Porto Alegre, outra ocorrência de violência dos taxistas contra Uber foi registrada. Um motorista do app foi agredido, ficou com o rosto bastante machucado, e teve seu carro depredado. Por lá, a Câmara Municipal aprovou uma lei proibindo a operação do app, mas ela ainda não está em vigor.

Novamente sobre o caso da agressão de hoje aos passageiros em São Paulo, o Uber liberou nota repudiando o ocorrido e disse que está prestando toda a assistência necessária para as vítimas. A agência reguladora dos taxis em São Paulo disse que vai investigar e caçar as licenças dos agressores. Um vídeo foi gravado, e você pode assistir através deste link.

Quem você acha que está certo, a Uber ou os taxistas? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: