Depois de toda a polêmica envolvendo os taxistas e a proibição do Uber em São Paulo, a prefeitura da cidade resolveu criar uma categoria especial de “táxis pretos” para permitir que os motoristas da empresa possam concorrer a alvarás para continuar trabalhando. Agora, os interessados já podem acessar o site da Secretaria Municipal de Transportes (clique aqui) para concorrer a um dos 5 mil documentos liberados.

Basicamente, a nova categoria descreve profissionais que trabalhem com carros pretos de alto padrão e que prestem seus serviços exclusivamente por meio de smartphones, tanto no que diz respeito à solicitação da corrida quando à definição do trajeto e realização do pagamento. Dessa forma, a forma de atuação atualmente adotada pelo Uber se encontra completamente coberta.

Com a regulamentação, os taxistas comuns e os motoristas do serviço passam a contar com os mesmo encargos e obrigações, deixando pouco espaço a queixa de competição desleal. O sorteio dos alvarás está marcado para o dia 10 de dezembro e a lista com o nome dos contemplados será divulgada a partir do dia 22 do mesmo mês. Após o sorteio, os escolhidos terão que pagar R$ 60 mil para obter suas permissões de trabalho.

De que forma você acha que os motoristas do Uber no Brasil devem ser analisados? Comente no Fórum do TecMundo