O UberEATS chegou ao Brasil há poucos meses e, no início, apenas motoristas de carros e motocicletas poderiam ser parceiros da empresa. Mas, agora, a ideia é expandir o serviços. Então, ciclistas agora também podem ganhar uma renda extra ao participar do aplicativo.

A Uber deixa claro que não importa o tipo ou modelo do bicicleta que o parceiro utiliza

"Depois dos motoqueiros, agora é a vez de os ciclistas poderem gerar renda ao toque de um botão, nos dias e horários que quiserem", comentou a Uber. "Há algumas semanas, dezenas deles começaram a circular pelas ruas de São Paulo realizando entregas de comida por meio do UberEATS".

Caso esteja interessado em participar, você precisa fazer o download do aplicativo para parceiros da Uber. Por lá, basta preencher um cadastro e enviar a foto dos documentos exigidos. Após uma análise de requisitos, se tudo estiver conforme "manda o jogo", você poderá começar a realizar as entregas.

A Uber deixa claro que não importa o tipo ou modelo do bicicleta que o parceiro utiliza, diferente dos carros, que são divididos em categorias.

Para quem pede a comida, a taxa de entrega é fixa em R$ 7

"O valor pago ao ciclista leva em consideração a distância e o tempo percorridos. Mas, para quem pede a comida, a taxa de entrega é fixa em R$ 7, em caráter promocional", adicionou a empresa.

Sobre o funcionamento do UberEATS, a empresa explica da seguinte maneira: "Há uma tecnologia que sincroniza a hora em que o pedido estará pronto para sair do restaurante com a hora em que o entregador chegará ao restaurante. Assim, ele não perde tempo esperando. A partir do momento da coleta do pedido, o usuário pode acompanhar todo o trajeto do entregador, via app".

Cupons de desconto TecMundo: