Parece que aquela realidade de um futuro com carros voadores, como a que vimos em “De Volta para o Futuro” e muitas outras obras da ficção, está um passo mais próxima de se tornar realidade. Isso porque a Uber contratou um especialista da NASA para ajudá-la a desenvolver o veículo aéreo perfeito para os transportes da empresa.

Estamos animados por Mark se juntar a nós para trabalhar com empresas e acionistas conforme continuamos a explorar aquilo que descrevemos em nossos projetos

O expert no caso é Mark Moore, que conta com 30 anos de experiência na agência espacial norte-americana e sabe tudo sobre motores elétricos em veículos aéreos. Seu objetivo? Tirar do papel os carros voadores com decolagem vertical com os quais a Uber tanto sonha há algum tempo.

O gerente de produto da Uber Nikhil Goel afirmou: “A Uber continua a ver o seu papel como catalisador para o crescente ecossistema de veículos com decolagem e pouso verticais. Estamos animados por Mark se juntar a nós para trabalhar com empresas e acionistas conforme continuamos a explorar aquilo que descrevemos em nossos projetos”.

Parte do projeto de carro voador da Uber

Mudando de ares para liderar uma categoria

Segundo Moore, sua saída da NASA um ano antes de sua aposentadoria para se unir ao CEO da Uber Travis Kalanick aconteceu porque ele acredita que a empresa de transporte privado tem potencial para ser a líder da categoria nesse novo ecossistema de veículos aéreos com decolagem vertical.

Os planos da Uber também são bastante ousados: a ideia é ter uma frota completa de carros voadores até 2026

A Uber não é a primeira empresa que anuncia suas intenções de produzir carros voadores. A Airbus, famosa fabricante de aeronaves de todos os tamanhos, incluindo o maior avião comercial do mundo – o A380 – já prometeu o protótipo de um veículo aéreo ainda para 2017. Os planos da Uber também são bastante ousados: a ideia é ter uma frota completa de carros voadores até 2026. Será que vai dar certo?

Cupons de desconto TecMundo: