A Uber começou, nesta quarta-feira (14), a enviar carros autônomos para transportar alguns usuários selecionados na cidade de Pittsburgh, no estado americano da Pensilvânia. A empresa não especificou como essas pessoas são escolhidas, embora tenha dado a entender que a prioridade é de quem usa o serviço com frequência.

Os automóveis serão enviados para quem pedir um carro na categoria UberX e o aplicativo avisa se ele for autônomo. Caso seja, a corrida sai de graça. A empreitada é responsabilidade do Centro de Tecnologias Avançadas da empresa, criado no início do ano passado.

Todos os carros serão inicialmente do modelo Ford Fusion, embora a Uber continue trabalhando na adaptação de carros da Volvo desde que uma parceria entre as duas companhias foi anunciada.

Para funcionar, os automóveis são equipados com vários sensores que usam lasers para escanear o ambiente. Duas câmeras são responsáveis por compreender as cores do semáforo e impedir o carro de avançar quando o sinal estiver vermelho, além de reconhecer pedestres e placas de trânsito.

Nem tudo é automatizado

Como é a primeira vez que a empresa utiliza carros autônomos comercialmente, alguns inconvenientes são mais que esperados. O passageiro que pegar um desses será acompanhado por um motorista pronto para retomar a direção caso haja algum problema no sistema e o automóvel só consegue operar sozinho em algumas regiões da cidade não especificadas pela empresa.

No anúncio, o fundador e presidente da empresa, Travis Kalanick, tenta acalmar os motoristas que dependem da Uber e certamente ficarão preocupados com a iniciativa. Ele compara os carros autônomos a caixas eletrônicos, que eliminaram alguns empregos, mas criaram outros ao diminuir os custos necessários para manter uma agência bancária.

Apesar de estar entre as primeiras a tornar carros sem motorista disponíveis comercialmente, a Uber não está sozinha nesse mercado. A Google já testa seus próprios modelos na Califórnia há alguns anos e a Tesla também vem investindo bastante na tecnologia. Mas o primeiro táxi autônomo do mundo saiu mesmo da startup nuTonomy, que lançou seis veículos do tipo nas ruas de Singapura.

Cupons de desconto TecMundo: