A tecnologia de direção autônoma vem evoluindo a passos largos nos últimos anos e isso não é mais uma novidade. Por outro lado, é sabido que existem alguns detalhes que precisam ser resolvidos, alguns deles mais sérios – que ocasionaram acidentes graves – e outros um pouco menos convencionais.

O Uber descobriu recentemente um desses, ao iniciar seus testes com carros que dirigem sozinhos pelas ruas de Pittsburgh, nos Estados Unidos: as pontes. Ao que tudo indica, os carros inteligentes não conseguem ser tão inteligentes assim quando estão atravessando uma rua suspensa.

Raffi Krikorian, diretor de engenharia da empresa, disse que “pontes são bem complicadas, e existem cerca de 500 em Pittsburgh”. A descoberta foi feita depois que um dos Volvos do Uber pediu para que o motorista assumisse o volante ao se aproximar de uma ponte durante um passeio de teste.

A situação durou poucos segundos, mas foi o suficiente para mostrar que nossos companheiros motorizados e (quase) autossuficientes não estão tão confiantes ainda. O motivo dessa insegurança é que, apesar do mapeamento detalhado feito pela equipe do Uber, pontes não apresentam referências visuais suficientes para que o sistema compreenda exatamente onde o veículo se encontra.

Krikorian explica que o sistema de posicionamento por satélite com certeza ajuda, mas não oferece o grau de precisão necessário. John Dollan, um cientista do Instituto de Robótica Carnegie Mellon, disse que esse tipo de estrutura pode trazer outros problemas.

“Em uma ponte, você tem muita infraestrutura acima do veículo que nós humanos temos que levar em consideração. Quando você deixa a percepção disso a cargo de um sensor que não domina tanto as reações que temos, você pode imaginar que aquele monte de vigas metálicas pode ser algo confuso de interpretar”.

O cenário dos veículos autônomos, apesar de estar avançando bem, está começando a identificar suas fragilidades – e essas são apenas algumas das pontes que teremos que atravessar antes de finalmente vermos carros andando por aí sem um humano ao volante.

Cupons de desconto TecMundo: