Em uma mensagem publicada em seu blog oficial, o Uber anunciou que vai iniciar um novo programa de caça a falhas e erros em seu aplicativo (vale mencionar, algo parecido havia acontecido em 2015). Os interessados podem receber prêmios de até US$ 10 mil (aproximadamente R$ 37 mil) por suas colaborações, e o montante pago vai variar de acordo com a gravidade do problema reportado. 

De acordo com as informações divulgadas, a primeira temporada vai começar no dia 1º de maio, e terá 90 dias de duração. Os participantes serão considerados aptos a receber a premiação se encontrarem quatro erros que sejam aceitos pela equipe do Uber, e caso achem uma quinta falha (ou mais) durante esse período, recebem uma bonificação de 10% da média de pagamentos feitos para as demais contribuições do período. 

Aqueles que quiserem participar podem acessar este link (em inglês) para ver uma espécie de mapa do tesouro feito pela equipe do aplicativo para conferir, em detalhes, a tecnologia e as linguagens de programação utilizada nos servidores. Alguns deles, como o vault.uber.com (que armazena os dados bancários dos motoristas), são mais sensíveis e, consequentemente, rendem recompensas maiores. 

“Mesmo com um time formado por especialistas de segurança treinados e qualificados, você precisa sempre procurar formas de melhorar. Esse programa de caça de erros vai ajudar a garantir que o nosso código é o mais seguro possível, e o nosso esquema único de fidelidade vai encorajar a comunidade a se tornar expert quando o assunto é Uber”, explicou Joe Sullivan, responsável pelo setor de segurança no Uber.

E aí, pretende participar do programa de caça de erros do Uber? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: