(Fonte da imagem: Reprodução/Where Does My Tweet Go?)

Quem costuma usar o Twitter sabe que não é incomum que uma mensagem antiga ganhe vida e passe a ser reproduzida por várias pessoas desconhecidas. Pensando nisso, foi criado a ferramenta “Where Does My Tweet Go?”, que monta gráficos que demonstram a maneira como as mensagens se espalham no sistema de microblogs.

Criada pelo arquiteto da informação Benoît Vidal junto ao time do MFG Labs, a novidade usa um algoritmo para criar ilustrações mostrando como uma mensagem é divulgada pela internet. Com isso, é possível ter uma ideia melhor de como um texto qualquer é difundido do que aquela fornecida pelo feed de atualizações do próprio Twitter.

Segundo Vidal, a iniciativa é fruto tanto da observação da maneira única como conteúdos são espalhados pela rede quanto da frustração com os recursos limitados de outras ferramentas. “Serviços como o Zite e o Flipboard já analisam sua linha do tempo para recomendar tweets, mas você nunca sabe como isso funciona e acaba se perguntando se algo é perdido no processo”, afirma ele.

“Somos fascinados pela transmissão de informações na internet, e não acreditávamos que qualquer interface mostrava o poder dessa velocidade. A maior parte delas se parece com linhas do tempo e feeds, e queríamos que as pessoas sentissem o poder das mensagens não somente pelo número de retweets, mas também pela observação da estrutura e do entendimento de como um texto viaja por uma rede”, explica o criador do “Where Does My Tweet Go?”.

Cupons de desconto TecMundo: