No Twitter, fala-se para todos e para ninguém ao mesmo tempo. Em março de 2009, um episódio do humorístico SuperNews! (exibido no site Current TV) satirizou a explosão do microblog, considerando os tweets como “gritos na escuridão esperando que alguém os ouça”.

Talvez seja por isso que os RTs (retweets, ou seja, postagens encaminhadas com créditos à fonte original) têm tanto valor na “Twittosfera”. É sempre uma sensação agradável ver que alguém se interessou por uma mensagem sua e encaminhou para outros seguidores. É como se algo seu fosse valorizado e devidamente creditado, como se seu grito fosse ouvido em meio a tantos outros.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas para que seus tweets tenham mais chances de ganharem RTs. Claro que não há nenhuma fórmula neste sentido, um manual exato, mas alguns detalhes simples podem tornar suas postagens mais atraentes para seus seguidores.

1º - Caracteres

Uma regra para um RT é creditar as fontes das mensagens, por exemplo: “RT @nomedousuário postagem bacana para RT”. Logo, em alguns casos você deve considerar o tamanho do seu nome de usuário dentro do limite de 140 caracteres por postagem.

No entando, essa dica nem sempre é válida, uma vez que o RT oficial do Twitter desconsidera os caracteres do nome do usuário. Alguns aplicativos, como TweetDeck, permitem que o usuário escolha entre usar o RT oficial ou não.

Alguns aplicativos consideram os caracteres do nome do usuário como postagem.

2º - Cuidado com o seu cotidiano

O Twitter surgiu com a proposta de divulgar “o que você está fazendo” no momento. O interessante, porém, é que a ferramenta explodiu quando os usuários perceberam que este é o pior modelo de uso do microblog. A verdade é que os usuários não querem saber de sua vida todo tempo. Um blog é mais eficiente nesta proposta.

Logo, conheça seus seguidores e pense no que pode interessar ao maior número de usuários possível. Pense em coisas que podem acontecer a qualquer um, porém não sempre, por exemplo.

Algumas postagens não são dignas de RT, não é?

3º - Trending Topics

Assuntos “quentes” sempre rendem RTs. Seja uma eliminação do BBB ou uma emocionante rodada de futebol no fim de semana, o Twitter é conhecido e adorado pela instantaneidade, então aproveite-a. Acompanhe as listas dos TT, fique atento ao que está acontecendo no momento, pois muitos usuários usam o Twitter justamente para isso. Logo, uma notícia em primeira mão ou bem adiantada sobre um assunto em voga é altamente retwittável.

O humor é uma ótima pedida para RTs também. Se é atual e engraçado, tem muita chance de ser passado adiante. Charges e vídeos caem facilmente nas graças dos usuários. Porém, lembre-se que o burburinho dura pouco, e, para obter RT, não vale a pena investir em um tema cujo interesse está caindo. Por isso, mantenha-se atualizado.

4º - Dê RT e terás RT

Usuários participativos e que interagem com postagens ganham a simpatia de seus seguidores e, portanto, melhores olhos para seus tweets, além de mais seguidores (o que também aumenta as  chances de RT).

Seguindo a corrente, quem dá RT em uma postagem boa tem boas chances de ganhar RT também.

Links são sempre ótimas pedidas para RT.

5º - Horário de pico

Sexta-feira, fim de tarde. Os usuários estão sobrecarregados do trabalho durante a semana e decidem se ligar ao Twitter para se distrair. Sexta-feira é um ótimo dia para tentar RTs, pois boa parte do público está conectada. Se você tiver paciência, estude um pouco seus seguidores para estipular um horário bom de “público”.

A ciência dos retweets

O cientista de novas mídias e marketing viral Dan Zarella decidiu estudar cientificamente os retweets para apontar quais mensagens têm maiores chances de ser encaminhadas. Ele estudou o Twitter em números para embasar a pesquisa. Veja algumas das conclusões mais curiosas sobre o estudo:

- Um número maior de seguidores aumenta as chances de RT, mas isso não é regra. Muitos “anônimos” mandam bem nos tweets e agradam em cheio seus seguidores, conseguindo sempre RTs.

A principal dica para ter RT é ser interativo.- Mais da metade dos RTs estudados tinham links, o que reforça a dica que já apontamos sobre interação. Logo, conteúdos de mídia que saem da plataforma do Twitter e levam os seguidores a outros lugares tendem ser mais atraentes.

- Muitos usuários condenam o uso de palavras como “por favor” e outros tipos de pedido para RT. No entando, o estudo de Zarella apontou que palavras como “você”, “por favor” e “retweet” estão em grande parte de mensagens retweetadas. Na contramão, palavras como “haha” e “lol” não estão em grande número dessas situações.

- Tweets negativos ou com excesso de auto-referência definitivamente não são atraentes para RT.

Para ler a pesquisa completa, acesse o site Dan Zarella e cadastre-se no RSS ou na lista de email. Assim você terá acesso completo ao estudo de 22 páginas sobre retweets.

E você, caro usuário do Baixaki, sabe alguma dica para ter mensagens retweetadas? Participe, comente e ajude a deixar este artigo mais completo. Esperamos ter ajudado você. Até uma próxima.

Cupons de desconto TecMundo: