(Fonte da imagem: Reprodução/Pontifex)

Os perfis de pessoas famosas em redes sociais chamam muita atenção — e isso não seria diferente com o Papa Bento XVI, é claro. A conta do religioso no Twitter tem mais de 1,4 milhão de seguidores e está tendo uma grande quantidade de respostas às suas diversas postagens.

O mais curioso é que o número de respostas positivas e negativas é bastante próximo, de modo que a porcentagem fica quase igual. Para ser mais exato, são 26.456 (26%) pessoas que concordam com o Papa contra 22.542 (aproximadamente 22%) que discordam — o restante foi considerado neutro.

De acordo com a pesquisa feita por veículos italianos, as respostas positivas apenas reproduziram mensagens mandadas por Bento XVI ou de alguma parte da bíblia. Enquanto isso, as pessoas contra os ideais do religioso citaram casos de corrupção moral e financeira na Igreja, assim como também criticaram a fé cristã.

O Papa é a favor das redes sociais

Quando Bento XVI começou a utilizar o Twitter para se comunicar com os seus fiéis, várias críticas foram feitas a essa iniciativa. Contudo, o Papa diz que a Igreja deve utilizar as redes sociais, pois essa é uma das formas que as gerações atuais utilizam para se comunicar.

Cupons de desconto TecMundo: