(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Em anúncio oficial, o Twitter revelou mais detalhes das mudanças em suas políticas de acesso e uso por aplicativos de outras empresas. Entre as novas regras está a limitação da quantidade de usuários para cada programa de terceiros.

Isso significa que clientes do microblog, como Echofon e MetroTwit, terão um número máximo de pessoas que podem usufruir de suas funcionalidades. Essa quantidade será calculada a partir do número de usuários atuais de cada aplicativo. A princípio, o limite estipulado pelo Twitter será o dobro da quantidade verificada atualmente.

Ao atingirem as suas “cotas”, os programas precisam de uma liberação do serviço de comunicação para voltarem a serem oferecidos para novos usuários. Essa iniciativa visa evitar que os softwares do próprio Twitter tenham uma infinidade de concorrentes nas plataformas que atuam.

As novas diretrizes do serviço também mudaram a limitação da quantidade de tweets, retweets e o envio de mensagens diretas por programas de terceiros. Conforme a publicação oficial, antes você podia estabelecer 350 ações pelo período de uma hora. Agora, essa restrição é de 60 para cada tipo de atividade.

Além disso, o microblog passará a proibir que as mensagens trocadas por ele sejam agrupadas com publicações de outros serviços. Isso significa que os clientes que quiserem servir ao Twitter não poderão reunir postagens do Facebook, LinkedIn, MySpace e outras redes sociais.

No informe, o Twitter chega a mencionar alguns bons exemplos de clientes – incluindo o HootSuite e o Storify. Contudo, o único que realmente não deve sofrer com essas regras é o TweetDeck – que pertence ao Twitter.

Fontes: Twitter

Cupons de desconto TecMundo: