(Fonte da imagem: Divulgação/Twitter)

O susto provocado por um grupo de hackers que teria divulgado 55 mil contas e senhas do Twitter no site Pastebin teria sido apenas uma armação. A informação é da organização SaferNet Brasil, que apurou algumas informações e descobriu uma série de falhas nos dados expostos ao público.

A situação não é tão feia quanto parecia: 21.974 contas foram duplicadas no arquivo ou são inexistentes. Já nas 36.999 restantes (sim, a soma dá um número diferente) estão dados divulgados pela LulzSec em 2011 e perfis destinados a espalhar spam, já deletados pelo Twitter. A assessoria da rede social confirmou a informação ao Tecnoblog.

Ainda assim, várias pessoas declararam que algumas das contas ainda estavam ativas, apesar do Twitter ter forçado a mudança de senha na época da divulgação dos perfis.

Fonte: Tecnoblog

Cupons de desconto TecMundo: