Mesmo com 10 anos no mercado e certa popularidade, o Twitter continua problemático para seus investidores, que até agora não viram a rede social gerando dinheiro. Para tornar as coisas piores, o Weibo — site que pode ser considerado seu clone chinês — continua a crescer e gerar vendas graças à uma estratégia de monetização bem-recebida.

Com isso, o Weibo atualmente superou o Twitter em seu valor total. Enquanto este é avaliado em US$ 11,1 bilhões, seu correspondente oriental é avaliado em US$ 11,3 bilhões. Essa não é a primeira vez que isso acontece: a situação já havia sido registrada brevemente em outubro de 2016.

O 'modelo original' está passando por um período de estagnação de usuários

A rede social chinesa tem tudo para continuar seu crescimento. Além de sua “fonte de inspiração” ser proibida na China, a plataforma usa um sistema de publicidade pouco explorado no país — o que assegura um grande mercado futuro para explorar. Enquanto isso, o “modelo original” está passando por um período de estagnação de usuários que afastou compradores como a Disney e a Salesforce.

A situação desfavorável do Twitter não é exatamente uma novidade. Apesar de o serviço ter realizado parcerias com a NFL, a Bloomberg e o torneio de Six Nations, ele ainda está tendo dificuldades em se estabelecer como uma solução para o consumo de mídias — algo que, até o momento, não tem garantido nenhuma espécie de crescimento sustentável.

Cupons de desconto TecMundo: