O Twitter é conhecido por ser uma rede social bem permissiva com relação a temas e opiniões. Contudo, relatos de contas que pregam o terrorismo vêm aparecendo com mais frequência nos últimos meses — muitas delas até chegaram a fazer ameaças diretas sobre ataques em países e locais específicos. Por isso, o Twitter anunciou hoje que já foram suspensas mais de 235 mil contas suspeitas de promover o terrorismo nos últimos seis meses.

A rede social ainda comentou que, desde 2015, já foram apagados mais de 360 mil perfis. "O mundo presenciou uma onda de ataques mortais e detestáveis por todo o globo", comentou o Twitter em declaração. "Nós condenamos veementemente esses atos e continuamos comprometidos em eliminar a promoção de violência ou terrorismos presente em nossa plataforma".

Mesmo com essa posição, muitos usuários vêm reclamando que o Twitter ainda permite que tweets racistas e extremistas sejam divulgados. Enquanto a rede social ainda derrapa nesse sentido, pelo menos o combate ao terrorismo está bem definido.

Tráfego

As suspensões diárias de contas cresceram 80% desde o ano passado, principalmente com banimentos após tweets com apologia ao terrorismo após ataques realizados, por exemplo, na França.

A rede social ainda comentou que a equipe que avalia as violações relatadas foi expandida, para, dessa maneira, conseguir realizar ações mais rápidas contra tweets de contas suspeitas.

Cupons de desconto TecMundo: