O ativista social Fahmi Fadzil está sendo obrigado a cumprir uma pena inusitada: twittar cem vezes um pedido de desculpas. Tudo começou depois que Fadzil publicou, em janeiro de 2011, uma mensagem no Twitter dizendo que uma amiga havia sido mal tratada pelos seus empregadores.

Apesar de o usuário ter se desculpado publicamente uma hora depois, a Blu Inc Media, empresa acusada pelo ativista, prosseguiu com um processo contra Fadzil. Por meio de uma negociação entre as duas partes, ficou acertado que, em vez de pagar uma multa alta, o “twitteiro” deve se desculpar uma centena de vezes em até três dias.

Não ficou definido se o condenado deve digitar cada uma das mensagens, mas é provável que ele esteja copiando e colando o texto repetidas vezes. Porém, pelo menos o início de cada tweet parece ser editado manualmente, já que são numerados. Até o momento de publicação desta notícia, Fahmi já havia postado 37 pedidos de desculpas.

Quem quiser conferir ao vivo o pagamento dessa pena pode acessar o perfil de Fadzil.

Cupons de desconto TecMundo: