O Vine é um serviço exclusivo para smartphones, mas que pode ter os seus microvídeos de seis segundos acessados por intermédio do navegador. Porém, é possível fazê-lo apenas caso você possua o link direto do clipe, não havendo como visualizar o diretório com todos os envios realizados para o serviço (opção liberada apenas pelo aplicativo de celular). Para não compartilhar apenas um link, há como integrar o vídeo ao seu site. Você sabe como?

Pré-requisitos

  • Vine instalado no smartphone;

Baixar Vine - Make a scene

  • Ter um site ou blog.

Faça você mesmo

Caso você não saiba ainda como utilizar o Vine, leia este tutorial para aprender sobre as suas principais funções.

Basicamente, após gravar um vídeo, é preciso compartilhá-lo em alguma rede social para obter o seu código de incorporação. Caso você o faça no Facebook, basta visualizar a sua Linha do tempo e clicar sobre o link para acessar o vídeo. Em sua página, a parte inferior da tela exibe a opção “Embed” — clique sobre ela.

Dessa forma, você consegue escolher o tamanho do vídeo...

E também o seu estilo.

Na parte inferior da tela, basta copiar o código e colá-lo no seu site (com o formato de edição de HTML aberto). A parte marcada na imagem abaixo indica o local você pode alterar caso deseje redimensionar o vídeo com um tamanho diferente dos três sugeridos pelo Vine.

Vale lembrar que, dependendo da linguagem usada para programar o seu site, é possível que o “iframe” não funcione adequadamente, não sendo reconhecido. Porém, caso você utilize um blog, possivelmente ele vai funcionar – é uma pena o Vine não ofereça, como o YouTube, a opção de usar o código de incorporação antigo.

Cupons de desconto TecMundo: