Uma falha descoberta recentemente no software integrado ao Toyota Mirai fez com que a montadora japonesa precisasse dar início a um programa de recall do veículo. De acordo com uma notícia divulgada nesta quarta-feira (15), o bug no sistema poderia ter desdobramentos bem graves para esses carros, com possíveis danos para o equipamento – e, claro, para os motoristas.

Segundo o portal, o erro encontrado na plataforma poderia fazer a voltagem do conversor de combustível – que extrai energia das células de hidrogênio – operar a um valor acima dos limites máximos impostos para o componente. Ao todo, a fabricante do automóvel detectou a presença do bug em todas as 2.843 unidades do produto e já desenvolveu uma atualização para corrigir o erro, uma vez que os modelos forem levados para recall.

Cuidado ao acelerar o carro depois de descer na banguela!

Um representante da Toyota informou que o problema só é reproduzido em situações bem específicas. O quão específicas? Bem, em geral, quando o veículo é acelerado de forma agressiva depois de transitar em uma descida por mais de um minuto com o uso do cruise control – também conhecido como piloto automático.

A Toyota já se adiantou e notificou suas subsidiárias para realizar o recall e a atualização da plataforma

Ainda que nenhum incidente relacionado a essa falha de software tenha ocorrido até o momento, a Toyota já se adiantou e notificou suas subsidiárias para realizar o recall e a atualização da plataforma. Se você investiu algumas centenas de milhares de reais para importar o possante, pode ser uma boa ideia entrar em contato com as concessionárias locais da marca para tentar realizar o update e continuar dirigindo sem surpresas desagradáveis.

Cupons de desconto TecMundo: