Várias empresas pequenas já apresentaram protótipos ou alternativas comerciais para o Google Glass, mas faltava um nome de peso, além da Baidu, para ameaçar a gigante norte-americana. E a resposta veio do Japão: a Toshiba exibiu na CEATEC 2014, que ocorre esta semana, um possível concorrente para o mercado de óculos inteligentes.

O Toshiba Glass tem como diferencial o design: em vez daquele "cubo" chamativo que fica no lado direito do acessório e serve para refletir a luz do projetor, a empresa optou por fazer a reflexão na lente da direita dos óculos. Isso faz com que o visual seja mais natural e parecido com um par de óculos de verdade, especialmente quando o display está desligado. Do lado de fora, você precisa ver a tela de um ângulo certo para notar que aquele é um aparelho que transmite imagens.

Especificações técnicas e o preço ainda não foram revelados pela empresa — e talvez nem tudo isso já tenha sido definido, pois o projeto está mesmo em fase inicial de desenvolvimento. Os próprios testes foram realizados apenas em uma sala mais escura, talvez porque o display (de qualidade notadamente menor que o Google Glass) ainda tenha problemas com luz ambiente.

Outros problemas são a ausência de câmera e a necessidade de estar pareado fisicamente (ou seja, com um fio) a um smartphone para funcionar Ainda assim, conseguir uma qualidade similar de imagem sem o uso de um refletor externo é uma vitória — e a simplicidade também deve ser refletida no preço. Até agora, não há data prevista de lançamento para o Toshiba Glass.

Cupons de desconto TecMundo: