No começo de março, surgiu o rumor de que a chinesa Foxconn estava em conversas avançadas para adquirir a divisão de Memórias da Toshiba. Pouco depois, a transação chamou atenção de outras empresas e isso pode estar originando um "leilão" bem interessante no mercado internacional.

Neste final de semana, surgiram novas informações de que três grandes companhias estariam flertando com a Toshiba. Nisso, já é possível confirmar que Apple, Google e Amazon (as duas últimas pensando diretamente no mercado de computação em nuvem) estariam negociando possíveis valores com a fabricante japonesa — tudo para ter controle de uma das maiores produções de memórias do mundo.

Google e Amazon estariam interessadas nas memórias Toshiba para levar mais poder aos seus serviços Cloud

Somente em 2016, a divisão foi responsável por cerca de US$ 12,75 bilhões na receita da Toshiba, mas o valor ainda não foi suficiente para manter a companhia no "azul" — o que forçou a venda da divisão.

Além das companhias já citadas, a taiwanesa Hon Hai também estaria dando lances no "leilão extra-oficial" — e já teria oferecido US$ 18 bilhões pelo negócio. Western Digital, Micron Technology e SK Hynix também estariam no páreo, mas com menos poder de barganha.

Quem será que vai levar as memórias Toshiba para casa?

Cupons de desconto TecMundo: