Com designs surpreendentes, dimensões reduzidas e uma série de conveniências, os discos rígidos portáteis se tornaram acessórios essenciais para muitas pessoas que não se satisfazem com pendrives que trazem limitações nas capacidades de armazenamento.

Verificando as exigências dos consumidores, a Toshiba vem investindo em dispositivos portáteis, bonitos, de grande utilidade (com várias opções para armazenamento) e com desempenho acima da média.

Recentemente, a fabricante nos enviou o modelo Canvio Connect, produto compatível com a tecnologia USB 3.0 que se destaca pelos softwares de backup em nuvem. O HD que recebemos para testes tem 1 TB de espaço de armazenamento, mas há outros itens da série com diferentes capacidades. Vamos ver como este aparelho se sai no dia a dia.

Especificações

  • Modelo: HDTC710XK3A1
  • Capacidade: 1 TB
  • Cor: Preta
  • Interface: USB 3.0
  • Taxa de transferência: até 5 Gb/s
  • Velocidade de rotação: 5.400 rpm
  • Tempo Médio de Busca: 12ms
  • Cache de Buffer: 8MB
  • Dimensões (L x C x E): 7,89 x 11,09 x 1,49 cm
  • Peso: 229 g
  • Preço: R$ 300

Bonito, leve e portátil

O primeiro contato com o Toshiba Canvio é marcante. Diferente de outras marcas que apostam em visuais rudimentares, a fabricante japonesa dá cuidado especial ao design de seus discos e não poderia fazer feio com um aparelho que o usuário vai levar para todo lado.

Com cantos arredondados, dimensões reduzidas e acabamento em black piano, este modelo esconde seu potencial em uma carcaça de visual simplificado, mas com toques refinados. Nas laterais, uma textura aderente garante boa pegada, tal qual os pezinhos de borracha que impedem que o HD escorregue na mesa.

As superfícies reflexivas deixam a aparência atraente e apenas o nome da marca na parte superior chama atenção. O problema aqui mesmo é os riscos que ficam evidentes mesmo que você tome cuidado. Além de ser muito compacto, o Canvio Connect se destaca pela leveza. Ponto para a Toshiba que pensou em tudo!

Softwares para backup e acesso remoto

Pensando na questão da segurança dos dados do usuário, a Toshiba envia junto ao Canvio Connect dois softwares: o NTI BackupNow EZ e o Pogoplug PC. Com essas duas soluções inteligentes, a empresa promete oferecer backups, cópias automáticas e acesso remoto ao dispositivo.

O NTI BackupNow EZ serve para realizar backups de pastas locais diretamente no HD e salvar arquivos na nuvem, tudo isso sem que você precise ficar se incomodando. Basta realizar uma configuração inicial, indicando quais pastas locais (imagens, músicas e outras) devem ser salvas no disco externo e deixar que o programa trabalhe sozinho.

A funcionalidade de backup também pode ser programada no software, sendo que há duas opções para guardar os arquivos na nuvem. A primeira solução é proprietária e tem um custo adicional. A segunda é o OneDrive, em que você pode logar com uma conta existente e salvar arquivos de até 300 MB no serviço da Microsoft.

O Pogoplug PC tem uma finalidade diferente, servindo como uma central para acesso remoto. Basta configurar quais pastas você quer compartilhar na internet e deixar o computador ligado. Ao ligar outro computador do outro lado do mundo, você pode acessar todo o conteúdo que está compartilhado.

Esse programa até funciona sem o HD da Toshiba, de modo que você pode compartilhar pastas locais da sua máquina. A grande vantagem da licença que vem com o Canvio Connect é que você tem uma assinatura vitalícia. Mesmo que seu HD externo não fique conectado, você pode usar os recursos do aplicativo. A ideia é boa, mas é uma pena que consome muita energia.

Testes de desempenho

Para averiguar as capacidades de transferência, leitura, gravação e outros pormenores do HD, nós realizamos diversos testes com o produto, rodando aplicativos específicos e benchmarks próprios para a medição de desempenho.

Para você ter uma noção da performance do dispositivo,  usamos os resultados obtidos em nossos testes e os colocamos ao lado de outros modelos para que seja possível confrontá-los.

Importante: nas comparações do Canvio Connect, utilizamos um HD concorrente com especificações distintas, algo que pode impactar levemente nos resultados. A diferença entre os benchmarks também pode ocorrer devido ao tipo de dado transferido para a unidade: compressível ou incompressível.

Máquina de testes

  • CPU: Intel Core i7-3930K @ 3.800 MHz;
  • Placa-mãe: EVGA X79 SLI;
  • Memória: 16 GB RAM quad-channel G. Skill Sniper DDR3 2133;
  • Fonte: Corsair AX1500i.

Cópia de arquivo

Na tentativa de tentar evidenciar os resultados práticos do Canvio Connect no dia a dia, nós rodamos um teste de cópia de arquivo. Trata-se de uma verificação bastante simples, mas que pode ser a mais interessante para você que pretende apenas levar dados de um computador para outro.

Neste teste, nós criamos uma pasta dentro do drive e copiamos um arquivo de vídeo de 3,55 GB para dentro dela. Depois, copiamos esse mesmo arquivo para uma segunda pasta, na mesma unidade. Para coletar os dados, utilizamos o aplicativo TeraCopy, que apresenta um relatório detalhado no final do processo e não utiliza dados em cache, o que poderia comprometer o resultado final.

ATTO Disk Benchmark

O ATTO Disk Benchmark é um aplicativo simples que mede a transmissão de arquivos de vários tamanhos diferentes para medir o desempenho do disco. O programa utiliza dados compressíveis e sequenciais, o que garante a velocidade máxima teórica, inclusive com controladoras que utilizam a compressão de dados.

É importante lembrar, contudo, que esses resultados não refletem exatamente o uso real do aparelho, já que nem sempre a máquina trabalha com dados sequenciais.

CrystalDiskMark

CrystalDiskMark é um software de testes que trabalha com diferentes modos de transmissão, incluindo a gravação e leitura de arquivos sequenciais e randômicos de tamanhos variados.

O software utiliza dados incompressíveis, o que pode resultar em uma queda no desempenho em SSDs com controladores SandForce. Esse tipo de teste reflete resultados mais próximos ao uso do drive no dia a dia. Porém, em um HD tradicional isso não deve causar um impacto muito grande.

HD Tune

O HD Tune mede a velocidade de leitura do drive de duas formas diferentes: primeiro, as velocidades máxima e mínima de transmissão; em seguida, a velocidade média de acesso aos arquivos. O software utiliza dados compressíveis durante o benchmark.

PCMark 8 - Storage

O PCMark 8 é desenvolvido pela Futuremark, empresa especialista em aplicativos de benchmark para várias plataformas. Para medir o desempenho do disco (ou SSD), o PCMark trabalha com uma série de testes diferentes simulando operações de trabalho com aplicativos Adobe e Microsoft, além de games. Desta forma é possível ter uma noção de como a unidade de armazenamento trabalha no dia a dia.

Vale a pena?

O Toshiba Canvio Connect atendeu bem nossas expectativas, oferecendo desempenho de primeira, portabilidade e bons recursos na parte de software. O design é compatível com aquilo que já vimos da empresa e as especificações do produto ajudam muito.

O preço que fica na faixa dos 300 reais é justo considerando os benefícios do Toshiba Canvio Connect. Não se trata do modelo mais barato com tal capacidade de armazenamento, mas certamente é um produto que pode oferecer vantagens a quem costuma transferir muitos dados e busca um dispositivo rápido e prático.

A solução para backup em nuvem é um dos diferenciais do produto da Toshiba, sendo um aspecto conveniente para aqueles que buscam ainda mais segurança para seus dados. Uma boa opção em HD externo considerando outros modelos concorrentes.

Cupons de desconto TecMundo: