Bastante conhecida por aqui por conta dos aparelhos de GPS, a TomTom é uma empresa que também tem se dedicado a outros segmentos de mercado. Recentemente, o TecMundo teve a oportunidade de testar uma action cam da companhia – a TomTom Bandit – que surpreendeu por conta de suas qualidades. Agora, chegou a hora de analisarmos um relógio fitness que também é distribuído pela fabricante: o TomTom Spark Cardio + Music.

Esse modelo da TomTom, o top entre os três disponíveis, se destaca por conta de sua capacidade de armazenar músicas e acompanhar a frequência cardíaca por meio de um monitor embutido. O TomTom Spark ainda vem equipado com um sistema de GPS completo que registra as atividades de forma bastante fiel e alimenta relatórios que podem ser visualizados no próprio relógio, no app para smartphones ou no navegador.

O relógio fitness TomTom Spark foi gentilmente cedido por empréstimo pela TomTom para a realização desta análise.

Especificações técnicas

  • Memória interna: 3 GB
  • Formato de áudio: MP3 e AAC
  • Medição de atividades: passos, minutos em atividade, distância, calorias queimadas e sono
  • Impermeabilização: 40 m/130 pés (5 ATM)
  • Resolução do visor: 144x168 pixels
  • Dimensão do visor: 22 x 25 mm
  • Espessura: 13,7 mm
  • Peso: 50 g
  • Tamanho do pulso: 143-206 mm
  • Localização: GPS + GLONASS
  • Sensores: movimento (acelerômetro + giroscópio), bússola, monitor de ritmo cardíaco ótico e Bluetooth
  • Vida útil da bateria: 3 semanas para monitoramento de atividades; 11 horas de GPS; 5 horas para GPS + monitor de ritmo cardíaco + música

TomTom Spark Cadio + Music

Design robusto, mas confortável

Esse relógio fitness da TomTom apresenta um visual bastante singular. É impossível não reparar no gigantesco botão que fica logo abaixo da parte principal do acessório, uma construção que não favorece muito o visual do conjunto.

A impressão que passa é a de que essa área do relógio não está sendo muito bem aproveitada, especialmente se considerarmos o tamanho do botão. Para piorar, a parte interna desse acionador é fixa, sendo que os botões mesmo são apenas as bordas.

Apesar disso, o TomTom Spark é bastante confortável. A pulseira em silicone é oferecida em dois tamanhos: grande e pequeno. O fecho oferece muita segurança e definitivamente não vai se soltar uma vez que estiver bem preso. A TomTom apostou em um sistema de três pontos, que prendem muito bem o acessório no pulso. O inconveniente é o trabalho que dá para retirar o relógio, algo que só deve acontecer algumas vezes por dia.

TomTom Spark Cardio + Music

O acessório também é bastante leve, pois pesa apenas 50 gramas. Com exceção da parte onde o botão está localizado, ele é muito compacto e não passa aquela sensação estranha que alguns smartwatches transmitem. É possível, por exemplo, utilizá-lo durante o dia a dia sem chamar muita atenção.

A sua construção robusta faz com que ele seja à prova d'água, portanto é possível praticar esportes aquáticos ou suar bastante sem se preocupar em danificar o acessório. Já a tela LCD monocromática tem muita qualidade e é protegida por um vidro bem resistente.

O relógio pode ser destacado da pulseira e é dessa forma que ele é recarregado. Infelizmente, o conector do carregador tem um formato proprietário, o que limita as possibilidades para os consumidores. Teria sido interessante, por exemplo, apostar no tradicional formato micro USB.

TomTom Spark Cardio + Music

Diversas funções úteis

Como um relógio fitness, o TomTom Spark atende muito bem o proposto. O acessório é capaz de acompanhar atividades como corrida, esteira, ciclismo, ciclismo indoor, natação, estilo livre e academia. Em cada uma dessas opções, são registradas informações específicas conforme a listagem a seguir:

  • Corrida: registro de frequência cardíaca, velocidade, ritmo, distância, calorias queimadas e duração
  • Esteira: registro de frequência cardíaca, velocidade, ritmo, distância, calorias queimadas e duração
  • Ciclismo: registro de frequência cardíaca, ritmo, distância, calorias queimadas e duração (cadência - através de um sensor de cadência opcional)
  • Ciclismo indoor: registro de frequência cardíaca, calorias queimadas e duração (cadência, velocidade, ritmo e distância - através de um sensor de cadência opcional)
  • Natação: registro de voltas, distância, velocidade, duração, calorias queimadas e passos
  • Estilo livre: registro de frequência cardíaca, velocidade, ritmo, distância, calorias queimadas e duração
  • Academia: registro de duração, frequência cardíaca e calorias queimadas

No dia a dia, esse relógio fitness consegue acompanhar outros indicadores úteis, como passos, minutos ativos, distância percorrida, calorias queimadas e tempo de sono diário/semanal. Além de registrar essas informações, o acessório permite criar metas, ajudando aqueles que querem levar a sério as atividades físicas ou o condicionamento físico de modo geral.

As informações coletadas são bastante precisas, informando com exatidão os indicadores de exercícios físicos. Toda a sincronização acontece de forma rápida, mas não em tempo real. No relógio, no aplicativo e no site, as informações demoram alguns segundos – por vezes alguns minutos – para atualizar com os novos dados.

TomTom Spark Cardio + Music

A conectividade com outros dispositivos funciona muito bem. No caso dos fones de ouvido que acompanham o TomTom Spark Cardio + Music – o modelo top dos três disponíveis –, a sincronia é ainda melhor, não oferecendo qualquer tipo de problema com o áudio durante a realização de atividades intensas, como corrida e ciclismo.

Cardio + Music

O que diferencia esse modelo específico do TomTom Spark das outra variantes é a presença do sensor para batimentos cardíacos e a capacidade de armazenar músicas. Assim como os outros medidores, o monitor de frequência funciona bem e oferece resultados precisos e úteis para quem quer ter em mão esse indicador.

A função música também é bem interessante, já que os arquivos são armazenados no próprio acessório, dispensando a conexão com um smartphone para reprodução. Um dos problemas, entretanto, é a transferência dos arquivos para o relógio, pois tudo precisa ser feito pelo computador e não pode ser realizado através do aplicativo. Além disso, a organização das faixas não é muito intuitiva, permitindo apenas carregar playlists, e não músicas de forma individual.

No total, são 3 GB para armazenar arquivos no formato MP3 ou ACC. De acordo com a TomTom, isso é o suficiente para mais de 500 faixas, oferecendo uma boa alternativa para quem quer ter um player de música preso ao pulso. Essa é a solução ideal para quem quer sair e praticar exercícios e deixar o celular em casa. E tudo fica ainda melhor se considerarmos o fone de ouvido sem fio de qualidade que acompanha a versão top do TomTom Spark.

Bateria duradoura

Em nossos testes, a bateria do TomTom Spark durou quatro dias de uso moderado, ouvindo músicas ocasionalmente e realizando no máximo duas atividades de 1 hora durante esse período. Executando música de forma ininterrupta, o relógio fitness aguentou cerca de 5 horas, exatamente conforme a fabricante promete em seu site oficial.

Ainda de acordo com a companhia, o registro de atividades – considerando contador de passos, calorias gastas, tempo de atividade e distância percorrida – pode acontecer durante até três semanas. Utilizando o GPS, 11 horas. Com o uso de GPS, frequência cardíaca e músicas, a promessa é de até 5 horas. Ficamos bastante satisfeitos com a autonomia desse dispositivo, que aguenta bem mais do que os smartwatches oferecidos atualmente.

Smartwatch?

O TomTom Spark não se enquadra perfeitamente na categoria de relógio inteligente. Apesar de acompanhar atividades físicas e registrar uma série de indicadores, o acessório não recebe as notificações do smartphone ao qual ele está pareado. Esse é um requisito básico de um smartwatch que ficou de fora desse aparelho. Também não é permitido adicionar novas funções, como aplicativos ou jogos.

A simplicidade do TomTom Spark, com uma tela monocromática e funções mais básicas, o faz ser mais parecido com uma smartband, ou pulseira inteligente. Porém, é importante destacar que oferecer funções de outros smartwatches foi uma decisão de projeto da própria TomTom – e não uma limitação de hardware/software, por exemplo –, o que faz com que esse relógio atenda muito bem ao que foi proposto.

Preço e disponibilidade

O modelo TomTom Spark é oferecido em três variações, com diferença em funções ou acessórios. O preço vai de R$ 1.299 até R$ 2.799, dependendo das funcionalidades que oferece e a inclusão do fone de ouvido Bluetooth. Confira a lista dos modelos atualmente disponíveis e seus preços sugeridos.

  • TomTom Spark (básico) = R$ 1.299
  • TomTom Spark Music (com música) = R$ 1.799
  • TomTom Spark Music (com música) + fone de ouvido Bluetooth = R$ 2.299
  • TomTom Spark Cardio + Music (com medidor de frequência cardíaca e música) = R$ 2.299
  • TomTom Spark Cardio + Music (com medidor de frequência cardíaca e música) + fone de ouvido Bluetooth = R$ 2.799

A TomTom confirma que todos os modelos desse relógio fitness já estão disponíveis na loja oficial e em outros varejistas da internet. Os preços correspondem aos valores oficiais passados pela própria empresa, mas podem variar dependendo da disponibilidade e de existência de promoções.

Vale a pena?

O TomTom Spark Cardio + Music é um relógio fitness bastante competente. Oferecendo funções úteis, esse acessório é o parceiro perfeito para aqueles que querem realizar atividades físicas sem deixar de lado o acompanhamento de alguns indicadores – como frequência cardíaca, passos, tempo de atividade e outros – e ouvir músicas ao mesmo tempo. O fone de ouvido Bluetooth completa a experiência nesses casos.

O destaque da linha TomTom Spark vai para a duração de bateria, já que o acompanhamento de atividades pode durar por semanas, algo que não acontece com smartwatches atualmente disponíveis. Os sensores oferecidos pelo modelo testado também são bastante precisos, oferecendo relatórios confiáveis sobre o acompanhamento de atividades.

Porém, o valor cobrado pelos modelos do TomTom Spark podem ser um pouco proibitivos para muitos consumidores. A comparação com modelos de smartwatches disponíveis no mercado é inevitável. Entretanto, é bom lembrar que esses relógios fitness não se enquadram exatamente na categoria de relógios inteligentes, não disputando diretamente com opções como as linhas LG G Watch, Motorola Moto 360 e Samsung Gear S.

Se você está procurando um bom acessório para acompanhá-lo em suas atividades sem deixar de oferecer informações úteis e ainda disponibilizar um acervo de música no seu pulso, o TomTom Spark Cardio + Music (com o fone de ouvido Bluetooth) é o produto perfeito para você. Caso você não precise de alguma das funções adicionais desse modelo, o melhor é escolher opções com menos recursos, o que acaba diminuindo consideravelmente o preço final do acessório.

Você acha que vale a pena apostar em um relógio fitness para acompanhar suas atividades físicas? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: