Desde que foi lançado, o aplicativo de encontros Tinder sempre optou pelas opções binárias na hora de selecionar seu gênero no perfil, oferecendo apenas homem ou mulher como alternativas. Isso vai mudar completamente a partir desta terça-feira, com uma atualização que adiciona diversas opções para os usuários.

A companhia admitiu que nunca soube lidar muito bem com pessoas transgênero ou não-binárias, que eram forçadas a escolher uma das duas opções oferecidas pelo aplicativo.

Um vídeo divulgado pela companhia (em inglês) mostra vários usuários falando das situações problemáticas pelas quais já passaram ao marcar encontros através do Tinder. Para mulheres e homens trans, por exemplo, isso pode significar receber comentários ofensivos ao falarem sobre sua identidade de gênero.

Agora, além de homem e mulher, há um botão “mais”, que leva o usuário para uma tela na qual ele pode escolher entre 35 opções, incluindo transgênero, agênero, não-binário, andróginos ou mesmo para homens e mulheres com características físicas normalmente associadas ao gênero oposto.

A novidade havia sido anunciada em junho, mas só está entrando em vigor agora. A equipe do Tinder diz ter trabalhado com ativistas e organizações da comunidade LGBT para tentar resolver o problema da melhor forma possível.

Por enquanto, a atualização com as novas opções só está disponível para usuários do Tinder nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. Nós entramos em contato com a empresa responsável pelo aplicativo para saber se há alguma data prevista de lançamento no resto do mundo e vamos atualizar essa postagem caso haja uma resposta.

Atualizado em 18/11: A assessoria do Tinder respondeu com o seguinte comunicado: “Nós ainda não temos uma data definida para informar agora. A atualização de gênero no Tinder é o primeiro passo para tornar nossa plataforma mais inclusiva. Estamos ansiosos para receber feedback de nossos usuários nos EUA, Reino Unido e Canadá e melhorar esta experiência para os usuários nesses países e em muitos mais.”

Cupons de desconto TecMundo: