Em meados de dezembro, o bilionário responsável pela Tesla e pela SpaceX, Elon Musk, postou uma sequência de mensagens bastante curiosa no seu perfil pessoal no Twitter. Reclamando sobre o trânsito, ele afirmou que ia construir uma máquina de perfurar túneis e “simplesmente começar a cavar”. Ele chegou até a bolar um nome para a empresa, “The Boring Company”, o que é um trocadilho em inglês com os verbos perfurar e entediar.

Por mais que na época Musk tenha encerrado a série de mensagens afirmando que realmente ia levar a ideia adiante e mudado a descrição do seu perfil para “Tesla, SpaceX, Tunnels & OpenAI”, o aparente absurdo do conceito fez com que a maioria das pessoas achasse que ele estava só brincando – até agora. Na manhã desta quarta-feira (25), o executivo voltou a dizer que vai fazer túneis, deu um prazo para o começo das escavações e até reafirmou que está falando sério.

“Progressos empolgantes no assunto dos túneis. Planejo começar a cavar daqui a cerca de um mês”, postou Musk. Questionado se estava realmente falando a verdade verdadeira, o executivo respondeu com um informal “sim”. Ele chegou até a dizer que pretende começar as escavações perto da própria mesa na SpaceX.

Verdade ou mentira?

A ideia de criar uma extensa rede de túneis para resolver problemas de trânsito pode até ser tecnicamente possível, mas a quantidade de investimento de tempo, dinheiro e paciência para tornar isso viável torna a questão improvável. Ainda assim, isso não significa que Musk não pretende abrir uma empresa de escavação, já que entrar nesse mercado seria algo vantajoso agora que o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que vai financiar obras de infraestrutura.

Mesmo assim, também não é possível eliminar a possibilidade de que Elon Musk realmente esteja só insistindo em uma piada. Se não for, no entanto, resta apenas esperar para ver. Vamos ficar ligados aos planos do bilionário.