O aparelho está disponível atualmente apenas aos consumidores sul-coreanos. (Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung anunciou nesta semana que as suas TVs OLED de tela curva foram colocadas – finalmente – à venda. Os televisores de 55 polegadas custam cerca de US$ 13.000 (algo em torno de 26 mil reais, se descontados os impostos) e estão disponíveis atualmente apenas aos consumidores sul-coreanos.

De acordo com Kim Hyunsuk, vice-presidente executivo da Samsung, muita expectativa tem sido criada em torno do tal lançamento. “OLED ‘significa’ qualidade (...). Estamos seguros de termos realizado uma qualidade perfeita de imagem”, disse Kim em entrevista ao portal ABC News.

Os televisores de telas curvadas da Samsung foram exibidos durante a CES deste ano, que aconteceu em janeiro. A disponibilização do produto ao mercado, portanto, não é novidade. É de se notar, ainda, que a LG também conta com uma TV OLED de tela curva – já presente, inclusive, em parte das prateleiras mundo afora.

Pixels perfeitos

A tecnologia ZPD, que, em tradução livre, significa “Defeito Zero em Pixels”, é uma das principais características da nova TV. Isso significa que, de ponta a ponta, a tela curvada da Samsung promete não apresentar distorção alguma em seus pixels. E por que não uma tela plana? “Para aumentar a experiência de imersão do espectador”, conforme comenta Kim Hyunsuk.

Distorção zerada de pixels: eis a promessa da Samsung. (Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A nova TV OLED de tela curva da Samsung suporta a resolução 1080p (Full HD). Logo, se espectadores mais exigentes quiserem desfrutar imagens em Ultra HD (4K), será preciso recorrer aos modelos tradicionais de televisores. O aparelho deve chegar a outros mercados no segundo semestre deste ano; datas precisas, contudo, não foram informadas (não se sabe, também, quando o televisor poderá chegar à América do Sul).

Cupons de desconto TecMundo: