Aqueles que não perdem a novela das oito devem pensar mais na saúde! De acordo com estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, uma pessoa com mais de 25 anos diminui 22 minutos da expectativa de vida a cada hora gasta em frente à TV. A causa é simples: quanto mais tempo sentado, menos exercícios físicos são feitos, aumentando assim as chances de doenças cardiovasculares.

Os australianos passam cerca de duas horas diárias assistindo a televisão e, de acordo com a pesquisa, isso é o suficiente para diminuir a expectativa de vida dos homens em 1,8 anos e em 1,5 anos para as mulheres. Pessoas que passam seis horas por dia em frente à telinha perdem 4,8 anos da expectativa de vida.

O relatório foi elaborado com base em dados coletados durante os anos de 1999 e 2000. Participaram mais de 11 mil voluntários, com idade de 25 anos ou mais. E como muita gente assiste a TV enquanto cozinha ou passa roupa, foram consideradas apenas as horas em que a televisão era a atividade principal do pesquisado.

Em entrevista para o The Guardian, um dos autores do projeto, Dr. Lennert Veerman, explicou que esses números deveriam receber tanta atenção quanto às estatísticas sobre obesidade ou tabagismo. Esse não foi o primeiro artigo científico sobre o assunto. Ano passado, outro estudo australiano chegou à conclusão de que uma hora de televisão por dia aumenta em 8% os riscos de morte prematura.

Cupons de desconto TecMundo: