Talvez você não tenha se dado conta, mas a rede 3G de sua operadora pode ter ganhado um upgrade nos últimos meses. Trata-se das redes 3G+, uma novidade que aos pouco começa a ser implantada no país e deve garantir mais velocidade e estabilidade para os consumidores.

Planos de dados têm se tornando cada vez mais comuns entre os proprietários de smartphones. A facilidade em se adquirir um pacote juntamente com um plano de ligações e mensagens de texto tem colaborado bastante para que isso ocorra.

Hoje, é possível acessar a internet pagando menos de R$ 0,50 por dia, mesmo em aparelhos com franquia pré-paga, o que torna as redes 3G uma alternativa viável até para os consumidores que nunca pensaram em contratar um plano do gênero.

Conectado em qualquer lugar

A Vivo foi a pioneira na instituição do sinal 3G no Brasil, em 2004. De lá para cá, poucas melhorias significativas foram feitas nas redes de dados que, basicamente, operam com as mesmas características. Embora no exterior as redes 4G já comecem a se tornar uma realidade e por aqui muitos aparelhos já sejam compatíveis com o formato, ainda não chegou a vez dos brasileiros terem acesso a essa tecnologia.

O próximo passo das operadoras de telefonia no Brasil é o 3G+ ou HSPA+ (High Speed Packet Access). Trata-se de uma versão intermediária entre as redes 3G e 4G. Em termos técnicos, não há muita diferença entre elas, mas na prática o proprietário de uma linha telefônica deverá perceber mais velocidade e estabilidade em suas conexões. As redes 3G+ suportam velocidades de até 21 Mb/s, contra 14,4 Mb/s das redes 3G.

O que a sua operadora está fazendo

Claro

É possível que você já esteja utilizando as novas redes 3G+ em seu smartphone e nem saiba. Pelo menos esse é o caso dos clientes da Claro. A operadora finalizou a transição do 3G para o 3G+ em dezembro do ano passado, em 710 municípios.

O upgrade foi automático para todos os consumidores, sem nenhum tipo de custo. O empecilho para utilizar a nova rede fica por conta do seu aparelho. Segundo a companhia, são compatíveis com a nova funcionalidade apenas os seguintes modelos: Motorola Atrix, Motorola Razr, Samsung Galaxy SII, Samsung GalaxyTab 8.9, Samsung GalaxyTab 10.1 e Samsung Galaxy Note.

Vivo

A Vivo também já implantou a novidade, que funciona desde novembro do ano passado em São Paulo. Entretanto, a tecnologia só está disponível para clientes corporativos, na contratação do plano de banda larga Vivo Internet Brasil 8 GB. A empresa informa ainda que o sinal não está disponível para smartphones e tablets, podendo ser acessado por enquanto somente por notebooks e desktops.

TIM

Já na TIM, a migração de uma versão para outra está sendo feita de forma gradativa. Segundo a operadora, pelo menos metade das suas antenas já estão preparadas para receber o 3G+, porém a tecnologia ainda está indisponível para os clientes e não há previsão para implantação.

Oi/Brasil Telecom

Situação parecida acontece com a Oi/Brasil Telecom. A instalação das estruturas para transmissão do sinal 3G+ já está mais adiantada, tendo sido iniciada em outubro de 2011. Contudo, a tecnologia ainda não é comercializada para os clientes e não há uma previsão de disponibilidade.

Cupons de desconto TecMundo: