O Groupe Speciale Mobile Association (GSMA) é uma associação de empresas móveis que estabelece o padrão mundial das operadoras de telecomunicações. Hoje, ela divulgou um acordo internacional que tem como objetivo desenvolver um padrão comum de cartão SIM virtual para todo o mundo.

A ideia deste SIM virtual é evitar que as fabricantes tenham mais controle sobre as comunicações do que as operadoras, algo que a Apple vem tentando fazer desde 2014, quando apresentou o cartão SIM em branco. Segundo a Maçã, ele já viria integrado nos próximos iGadgets.

A parceria feita com a GSMA é capitaneada por empresas como Vodafone, Movistar e Deutsche Telekom. O SIM virtual (ou soft-SIM) viria de fábrica e permitiria que as operadoras realizassem a ativação ou controle de forma remota, ou via conexão wireless. Dessa maneira, fabricantes como a Apple não poderiam interferir na maneira como os usuários se relacionam com as operadoras.

Um dos benefícios do SIM virtual é, por exemplo, a portabilidade. Com a implementação dele, as trocas de empresas que fornecem planos seriam mais rápidas e não seria necessária a substituição de chip. Outro exemplo seria a facilidade de utilizar planos internacionais quando em viagem.

Cupons de desconto TecMundo: