A preocupação com o meio ambiente engaja algumas companhias em ações muito curiosas e que chamam bastante atenção dos consumidores. A Fujitsu, por exemplo, famosa fabricante de semicondutores, apostou no cultivo de alfaces no mesmo ambiente em que produz chips. Agora, em uma ação muito parecida, a Toshiba está se preparando para entrar no segmento de horticultura avançada.

A empresa japonesa, conhecida por aqui como Semp Toshiba, já havia anunciado o início da produção de verduras na Toshiva Clean Room Farm Yokosuka, uma fábrica de plantas em Yokosuka, distrito de Kanagawa. Porém, um dos aspectos mais interessantes desse cultivo ainda não havia sido revelado: as folhagens produzidas pela Toshiba não precisarão ser lavadas.

Os métodos detalhados que são utilizados para que essas verduras adquiram essa característica única não são revelados, mas o site Quartz afirma que os cuidados extremos com a produção são o que tornam essas folhagens tão especiais. A primeira leva da produção deve chegar a alguns países nas próximas semanas.

Como são cultivadas

Os locais onde são cultivadas essas verduras são conhecidos como salas “superlimpas”. O ambiente é totalmente monitorado, desde a pressão do ar, temperatura e umidade, e as pessoas que adentram o cômodo, precisam equipar-se da cabeça aos pés para não contaminar a produção.

As sementes das plantas são colocadas em enormes prateleiras onde se desenvolverão com a ajuda de água tratada e luz fluorescente. O controle de pragas, fungos e outros agentes que podem prejudicar o seu crescimento também são monitorados para resultar em vegetais que não precisam de pesticidas e dispensam a lavagem. E aí, amantes da salada, ficaram com vontade de experimentar essa novidade?