A fabricante de armas Orbital ATK está na fase final de testes de um dispositivo que deve ser adotado pelo Exército dos Estados Unidos já em 2016. Trata-se de um "lança-granadas inteligente" capaz até de acertar alvos que estão escondidos, sob ou atrás de coberturas.

O XM25 tem um "sistema de identificação de alvo e controle de tiro" que faz qualquer soldado com habilidades básicas de atirador virar um ás em combate. Isso porque basta apontar a mira para o possível inimigo e esperar o cálculo de um feixe de laser adicional, capaz de determinar a distância entre a arma e o ponto de explosão.

Feito isso, o atirador pode determinar um acréscimo no tempo de explosão da granada disparada e até "ordenar" que ela estoure em pleno ar ou não detone exatamente quando entrar em contato com algo. Desse modo, ela pode bater em obstáculos sem problemas, atravessar algum material menos resistente e pegar alvos desprevenidos. O próprio atirador fica mais seguro com os cálculos feitos todos pelo sistema de mira inteligente e não precisa se expor tanto em campo.

O sistema é otimizado para uma área de até 300 metros, mas pode atingir alvos a 500 metros de distância. Ele pode incluir cinco tipos de munição (incluindo não-letal)

A XM25 está em desenvolvimento há cerca de cinco anos. A Orbital ATK acredita que ela possa ser uma revolução bélica tão grande quanto a metralhadora, o avião ou o tanque, que mudaram completamente as táticas de guerra.

Cupons de desconto TecMundo: