Se algum dia as inteligências artificiais se desenvolverem a tal ponto em que possam colocar os seres humanos em um tribunal, é possível que o vídeo acima sirva como prova material de condenação — o que não deixa a sequência menos interessante, é verdade. O que se vê ali é um caça F-16 reduzindo um drone voador a chamas e metal retorcido em uma fração de segundo.

Mas a sessão de treinamento continua, com os mísseis AIM-9 L, AIM-9X e AIM-120 Amraam (guiados por radar e atraídos por fontes de calor) acertando em cheio pequenos flares liberados pelo próprio avião. A distopia de Matrix ainda deve demorar a se concretizar... Então, aproveite.

Cupons de desconto TecMundo: