Em muitos casos, a DARPA ganha as manchetes por causa de seus projetos relacionados à tecnologia militar. Agora, podemos dizer que a agência do Departamento de Defesa dos Estados Unidos se voltou para o corpo humano com o seu programa ElectRX. Trata-se de um projeto para criar uma tecnologia que daria ao corpo dos soldados o poder da “autocura”.

Segundo o gerente de programas da DARPA, Doug Weber, esse sistema “iria trabalhar em um conceito como um pequeno marca-passo inteligente”. Além disso, o ElectRx tem o objetivo de explorar a neuromodulação de funções dos orgãos para ajudar o corpo humano a se curar, sem a necessidade de medicamentos.

Quase um Wolverine?

As novas tecnologias envolvidas no programa ElectRX seriam minimamente invasivas, mas teriam um grande impacto sobre a saúde dos soldados. Ele seria capaz de realizar uma “manutenção” na saúde, além de tratar condições adversas como artrite e problemas autoimunes.

Com o tempo, o ElectRx também poderia ser utilizado para o tratamento de inflamações crônicas e de desordens como o Transtorno de Estresse Pós-Traumático, depressão e outras doenças mentais. Mas que tipo de tecnologia a DARPA está pensando para o seu programa? Bem, elas incluem Biossensores e dispositivos implantáveis, mas “eles precisam ser pequenos o suficiente para serem injetados com uma agulha”, diz a DARPA.

Cupons de desconto TecMundo: